Oito empresas espanholas disputam trem-bala na região sudeste do Brasil

By Clarise Ardúz30 May 2013

Tren Alta Velocidad

Tren Alta Velocidad

As empresas públicas anunciadas pela ministra do Desenvolvimento espanhola, Ana Pastor, para participar do consórcio que vai disputar a licitação para a construção da linha de alta velocidade entre o Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas foram Adif, Ineco, Renfe, Talgo, Elecnor, Cobra, Abengoa e Indra, além da francesa Thales, da canadense Bombardier e da alemã Dimetronic, filial da Siemens.

O trem-bala deverá custar aos cofres públicos brasileiros cerca de 12 bilhões de euros e estar operacional em 2020. O vencedor da concorrência deve ser conhecido no dia 19 de setembro de 2013.

Grupos como GEC Alstom, da França, Mitsui, do Japão, e Hyundai da Coreia do Sul também estão interessados no projeto.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Movimento elétrico
Os tempos modernos trazem consigo inúmeras inovações. No artigo de Luciana Guimarães, a CLA revê algumas novidades sobre a terraplenagem.
Considerações sobre lança articulada
Orçamentos, tarefas específicas, detalhes técnicos são alguns dos aspectos a serem considerados na compra de uma plataforma
Acess M20: Para cima
Alguns podem considerar 2020 uma anomalia que dificilmente se repetirá. Quanto ao accessM20, também pode ser visto como um sinal dos tempos.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL