Novo megaporto no Chile terá US$ 3,3 bi

By Construção Latino-Americana19 January 2018

Porto de San Antonio será ampliado, após ser escolhido em detrimento de Valparaíso.

A presidente do Chile, Michele Bachelet, anunciou a execução do projeto Porto de Grande Escala de San Antonio, preferindo este ao porto de Valparaíso, que é o tradicional porto chileno e Patrimônio da Humanidade. Havia disputa entre os dois portos pela prioridade num projeto de megaobra de ampliação. “Me comprometi a definir onde se localizaria um futuro Porto de Grande Escala para a macrozona central, e hoje quero comunicar que esta decisão está tomada: será em San Antonio”, afirmou a presidente após uma resolução de seu Conselho de Ministros.

Puerto san antonio

Porto de San Antonio

Neste sentido, agregou que “será um porto articulado com os outros portos, de maneira que cada um possa cumprir seu papel em matéria de carga, passageiros, cruzeiros entre outros, representando um benefício direto para as cinco regiões da chamada macrozona central do Chile”.

A iniciativa da Empresa Portuária de San Antonio (EPSA) teria um custo de cerca de US$ 3,3 bilhões, e daria a possibilidade de atender oito navios de contêineres de até 400 metros de comprimento em terminais concedidos, mobilizando cerca de seis milhões de TEUs, triplicando a capacidade atual do porto.

Em novembro, após finalizar a Engenharia Básica do projeto, a EPSA contratou as empresas Sener Ingeniería y Sistemas Chile e HR Wallingford para realizar os estudos de “Engenharia de Otimização e Engenharia de Detalhe das Obras de Abrigo, Dragagem e Obras Complementares do Porto de Grande Escala”, além do “Modelo Físico em Escala Reduzida do Porto de Grande Escala”, respectivamente.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL