Mexicana Cruz Azul recebe sanções ambientais

By Fausto Oliveira26 February 2018

Cimenteira teve duas unidades parcialmente interditadas.

Em duas ocasiões recentes, a Cemento Cruz Azul, do México, sofreu atos de clausura parcial de unidades de produção pela Procuradoria Federal de Proteção Ambiental do país.

Em meados de fevereiro, a Procuradoria interditou parcialmente a planta cimenteira de Lagunas, no estado de Oaxaca, por falta de uma licença ambiental e por carecer de avaliações de emissões de partículas de quatro britadores e um aquecedor de óleos.

Dias antes, em sua unidade de Tula, no estado de Hidalgo, a mesma Procuradoria fechou parcialmente a produção, por falta de licenças ambientais relacionadas ao funcionamento de um moinho.

A Cemento Cruz Azul funciona como cooperativa de trabalhadores há 86 anos, e é um símbolo de orgulho nacional do México, além de uma importante player no mercado nacional de cimento e concreto.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Perspectivas econômicas e de construção para a América Central
Scott Hazelton, da IHS Markits, fornece uma análise profunda da situação atual nos países da América Central.
Escavadeiras: Novas energias
Grandes equipamentos estão procurando maneiras de se tornar mais eficientes, produtivas e com menor impacto sobre o meio ambiente.
Versatilidade de carga
Compactas ou enormes, estas máquinas estão ganhando terreno nos principais locais de terraplenagem ao redor do mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL