Metrô de Bogotá começa a se estruturar

By Milena Jiménez30 December 2014

metro bogota

metro bogota

O Ministério da Fazenda da Colômbia anunciou a assinatura de dois convênios e uma carta de intenção para a estruturação geral do projeto de construção da primeira linha do metrô de Bogotá.

O primeiro convênio tem como objetivo realizar a estruturação total do metrô que terá investimento estimado em mais de US$7,5 bilhões. Foi assinado entra a Financeira de Desenvolvimento Nacional (FDN) e o Instituto de Desenvolvimento Urbano (IDU).

O segundo acordo foi assinado entra a companhia estatal Empresa de Energia de Bogotá (EEB) e a FDN, com a ideia de trabalhar em conjunto em temas relacionados especificamente com a comunicação entre as entidades do Governo local, facilitando o fluxo de informação.

Por outro lado, a carta de intenção foi assinada ente o Ministério de Fazenda e a prefeitura da cidade, e estabelece o financiamento em conjunto de 50% de cada parte para o convênio de estruturação financeira e legal do Metrô de Bogotá. Estima-se que esta etapa de estruturação terá um custo de cerca de US$5,8 milhões.

“Hoje começa a conta regressiva para a abertura da licitação da Primeira Linha do Metrô. Com a assinatura dos convênios entra a administração distrital e a Nação se dá início ao processo de estruturação integral da primeira linha, cujo produto final é a licitação de sua construção”, disse o prefeito da cidade, Gustavo Petro.

Etapas

Este processo não deverá durara mais de 17 meses em total e será dividido em duas etapas.

A primeira durará quatro meses e tem como objetivo determinar o esquema de financiamento do metrô e a forma de contratação.

A segunda etapa se subdivide em duas fases, na primeira se estruturará financeiramente, tecnicamente e legalmente o projeto, se identificará claramente o modelo financeiro e as fontes para conseguir o fechamento orçamentário. Este processo deveria durar sete meses. A fase final é a licitação, incluindo o processo de seleção, avaliação das propostas e anuncio do vencedor do projeto.

O metrô de Bogotá contará com 28 estações e 40 trens num percorrido de 26,5 quilômetros. Estima-se que sua construção vai demorar cinco anos, razão pela qual se espera que o sistema entre em funcionamento a partir de 2021.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
As 50 maiores construtoras da América Latina - versão 2021
Esta lista apresenta uma queda de 15,2% na receita de 2020 em relação ao CLA50 do ano passado.
Grupo Burger: impulsionando o crescimento
Stacy Burger comenta sobre o crescimento do Grupo Burger e os desafios futuros.
Locar: Solidez e boa gestão
Amilcar Spinetti Filho conversou com a CLA sobre a estabilização do mercado e crescimento futuro.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL