Mercado de caminhões segue em queda no quadrimestre

By Luciana Guimaraes08 June 2023

Segundo dados da Anfavea, divulgados na terça-feira, 6, os emplacamentos de caminhões até maio recuaram 4% na comparação com o janeiro-maio do ano passado.

O mercado de caminhões continua impactado negativamente pela mudança na legislação de emissões do Proconve P8 (Euro 6). Em abril, a produção mostrou queda de 28%, atingindo 7.255 veículos, e no quadrimestre a retração foi de 28,6%, com 31.752 unidades, ante os 44.455 veículos fabricados no mesmo período de 2022, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Do total de caminhões produzidos de janeiro a abril deste ano, 15.930 são modelos pesados, 8.731 semipesados, 5.276 leves, 1.189 médios e 626 semipesados.

As vendas caminhões ficaram estáveis no primeiro quadrimestre deste ano, com 36.440 veículos emplacados, aumento de 0,6% em relação ao mesmo período de 2022. Em abril, houve queda de 16,6% em relação ao igual mês do ano passado, com 7.824 veículos comercializados no país, e retração de 22,2% frente a março deste ano.

Dos 36.440 caminhões vendidos de janeiro a abril deste ano, 11,8%, que correspondem a 4.295 unidades, são modelos produzidos em 2023, volume muito abaixo dos 40% que deveria representar.

Esperança com a Medida Provisória do Setor Automotivo

Tramitação – A MP 1175/23 já está em vigor, mas terá de ser analisada pelos Plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

A Medida Provisória 1175/23 estabelece um mecanismo de desconto nos preços, patrocinado pelo governo, para facilitar a compra de veículos mais sustentáveis por pessoas físicas e jurídicas.

O programa prevê a redução do preço de automóveis, caminhões, ônibus e vans como incentivo à renovação da frota. No total, o governo destinará R$ 1,5 bilhão em créditos tributários – R$ 500 milhões para estímulo à troca por carros menos poluentes, R$ 700 milhões para caminhões e R$ 300 milhões para ônibus e vans.

A coletiva mensal de imprensa da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) no último dia 6 de junho contou com a participação do Vice-Presidente Geraldo Alckmin, explicando mais detalhes sobre a Medida Provisória do Setor Automotivo, anunciada ontem pelo governo federal.

“Estamos muito otimistas com as respostas dos consumidores, com a preservação do emprego e com o fortalecimento da indústria automobilística, que representa 20% do setor de manufatura e emprega cerca de 1,2 milhão de pessoas”. Alckmin, que também é Ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, classificou a MP 1175 como inteligente, pois atende o transporte coletivo, o de carga e os compradores de veículos leves, trazendo os critérios social e ambiental, além da densidade industrial.

BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Simon Kelly Gerente de vendasr Tel: 44 (0) 1892 786223< E-mail: simon.kelly@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL