Mendes Júnior é declarada inidônea

By Fausto Oliveira28 April 2016

mendes junior logo

mendes junior logo

A construtora Mendes Júnior é a primeira declarada inidônea no país, em função das investigações da Operação Lava Jato.

Com isso, a empresa fica proibida de assinar novos contratos com a administração pública, em todos os seus níveis, por pelo menos dois anos.

A declaração de inidoneidade é a principal punição que pode acontecer para as empresas evolvidas nas investigações, tal como pode acontecer também com a Odebrecht, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e outras grandes empresas do segmento no Brasil.

O órgão responsável pela decisão foi a Corregedoria Geral da União. A decisão teve como base a comprovação de que a Mendes Júnior praticou por anos os delitos de pré-combinação de propostas para licitações com outras empresas, e pagamento de propinas a agentes públicos para ganhar contratos que lhe interessavam. Estas irregularidades aconteceram entre 2004 e 2012.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Como o planejamento da elevação está integrado à segurança e aos negócios?
Hannah Sundermeyer conversa com especialistas em engenharia sobre o estado atual do planejamento de elevadores
Construção de Rodovias: O caminho para o futuro
As equipes de pesquisa e desenvolvimento de equipamentos para construção de estradas estão se concentrando na autonomia, energia e maior integração digital.
Preparação para a M&T a todo vapor
Após ser adiada devido à pandemia, a indústria de construção latino-americana se reunirá novamente no Brasil no final de agosto.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL