Manutenção de rotina em robôs de demolição

By Cristián Peters03 March 2022

Escrito por Richard von Harpe, Gerente de Área para América Latina e Caribe, Brokk AB

Os robôs de demolição são construídos com componentes fortes para promover uma vida longa e são projetados especificamente para resistir a ambientes agressivos. Mas, como acontece com qualquer equipamento, negligenciar a manutenção regular pode reduzir a produtividade da máquina ou, pior ainda, levar a quebras inesperadas.

A realização de inspeções e manutenções regulares em sua máquina pode reduzir os tempos de inatividade frustrantes e garantir que sua equipe tenha as ferramentas necessárias para operar com eficiência máxima. Essas diretrizes podem ajudá-lo a entender quais etapas de manutenção preventiva devem ser seguidas.

Manutenção diária

Certas funções de manutenção devem ser concluídas todos os dias para garantir uma demolição segura e eficiente. Alguns sistemas, incluindo o suporte da ferramenta e o sistema do braço, precisam ser lubrificados a cada 8 horas de operação. Também é importante verificar diariamente os níveis de fluido hidráulico e lubrificante de martelo, bem como os níveis de óleo do motor e líquido de arrefecimento para máquinas a diesel.

Finalmente, inspecione as mangueiras quanto a danos causados ​​pela água ou vazamentos que possam indicar a necessidade de manutenção nas mangueiras ou cilindros hidráulicos.

Manutenção semanal

As inspeções semanais precisam ser mais completas e exigem que as tampas sejam removidas para alcançar os pontos críticos de manutenção. Certifique-se de remover qualquer acúmulo de poeira no radiador e inspecione sistemas como o braço, material rodante e estabilizadores quanto a rachaduras ou outros danos. Isso garantirá que não ocorram falhas durante a operação da máquina.

Cada 250 horas

Juntamente com as verificações diárias e semanais, 250 horas é um marco importante para as máquinas de demolição. Certifique-se de substituir o filtro de retorno do tanque hidráulico e o filtro de ar e verifique se a bomba hidráulica está funcionando corretamente neste intervalo. Para modelos com motor diesel, o óleo do motor, filtro de óleo e filtro de combustível também devem ser trocados.

Uma vez por ano

A manutenção de rotina é essencial para evitar paralisações inesperadas. Seguindo as recomendações de manutenção preventiva diária, semanal e outras, os empreiteiros podem maximizar o desempenho e a confiabilidade da máquina. Existem procedimentos adicionais de manutenção de rotina que devem ser seguidos anualmente. Pelo menos uma vez por ano (ou aproximadamente a cada 500 horas), os operadores devem substituir o fluido hidráulico da máquina. As máquinas a diesel devem trocar o filtro de ar pelo menos uma vez por ano, além dos itens de manutenção de 250 horas.

Cada 1000 horas

Em 1.000 horas, os operadores que seguem todas as sugestões de manutenção de rotina devem experimentar o mínimo de frustração e tempo de inatividade relacionados à manutenção. No entanto, existem várias inspeções importantes que devem ser realizadas neste estágio para garantir que sua máquina continue a funcionar com a eficiência ideal. Neste ponto, é hora de trocar o motor oscilante do robô de demolição e o óleo do motor de acionamento. Para máquinas movidas a diesel, os operadores devem trabalhar com uma oficina autorizada para substituir o líquido de arrefecimento e a correia do alternador.

A manutenção de rotina é essencial para evitar paralisações inesperadas.

Seguindo as recomendações de manutenção preventiva diária, semanal e outras, os empreiteiros podem maximizar o desempenho e a confiabilidade da máquina. Para mais informações sobre manutenção preventiva de máquinas de demolição, consulte o manual ou fale com um fabricante de renome. Sobre o autor Richard von Harpe é Gerente de Área da Brokk para América Latina e Caribe.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Construção de Rodovias: O caminho para o futuro
As equipes de pesquisa e desenvolvimento de equipamentos para construção de estradas estão se concentrando na autonomia, energia e maior integração digital.
Preparação para a M&T a todo vapor
Após ser adiada devido à pandemia, a indústria de construção latino-americana se reunirá novamente no Brasil no final de agosto.
Colômbia: Pavimentando o futuro
O país está finalizando seu programa de projetos 4G enquanto dá os primeiros passos nas Concessões do Bicentenário.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL