Manitou Group apresenta sua trajetória de baixo carbono

By Cristián Peters Quiroga12 January 2022

Michel Denis Michel Denis, presidente e CEO, Manitou Group

O Grupo Manitou apresentou os principais objetivos de sua trajetória de diminuição de carbono para 2030: reduzir suas emissões diretas e indiretas de carbono em 46%, enquanto reduz as emissões de CO2 das máquinas em 34% para cada hora de uso. Essa abordagem é baseada em dados científicos por meio da iniciativa Science Based Goals, um programa apoiado pelas Nações Unidas, o Carbon Disclosure Project (CDP), o World Resources Institute (WRI) e o World Wildlife Fund (WWF).

Tomando 2019 como ano de referência, o primeiro objetivo passa por reduzir as emissões diretas e indiretas de CO2 em 46% até 2030 em todas as suas localizações no mundo. O segundo objetivo refere-se às emissões da sua cadeia de valor, com uma redução de 34% nas emissões de CO2 geradas por cada hora de utilização das máquinas produzidas pelo Grupo.

“É uma etapa extremamente importante e transformadora para o Grupo. As questões climáticas são uma preocupação genuína, mas também uma oportunidade para fortalecer nossa vantagem competitiva por meio da transição para uma economia de baixo carbono. Estamos fazendo todo o possível para direcionar a transição ecológica para um modelo econômico mais sustentável. Estabelecemos metas ambiciosas, mas realistas, que podemos alcançar inovando com nossos clientes, fornecedores e funcionários. O 89% de nossas emissões indiretas vêm do uso de produtos. Portanto, é uma abordagem coletiva para toda a cadeia de valor”, disse Michel Denis, presidente e CEO da Manitou.

Para alcançar seus objetivos, a empresa determinou uma série de táticas a seguir:

  • Desenvolver novas gamas elétricas e inovar com hidrogénio
  • Continuar o trabalho realizado nos últimos 10 anos na eficiência energética dos equipamentos
  • Reforçar o design ecológico com uma abordagem de ciclo de vida global
  • Aumentar o uso de materiais reciclados na compra de componentes e peças de reposição
  • Usar soluções de baixo carbono para transporte
  • Desenvolver a atividade de peças de reposição da economia circular
  • Reduzir o consumo de energia de suas instalações e implementar um programa de aquisição de energia verde
REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL