Maior leilão da história do setor portuário garante mais de R$ 700 milhões em investimentos

By Luciana Guimaraes22 November 2021

O maior leilão da história do setor portuário garantiu na última sexta-feira (19) R$ 703,35 milhões em investimentos privados em terminais nos portos de Santos (SP) e Imbituba (SC).

Arrematados na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, o STS08A e o IMB05 serão administrados, respectivamente, pela Petrobras e pela Fertilizantes Santa Catarina.

Serão mais de 12 mil empregos – diretos, indiretos e efeito renda – durante a duração dos contratos.

Em Santos, investimento previsto de R$ 678,3 milhões será aplicado no aperfeiçoamento operacional e na segurança das instalações já existentes.

Além disso, o arrendamento desse terminal, que possui 297.349m², vai possibilitar a ampliação da capacidade de armazenamento e a construção de mais dois berços de atracação, o que garante mais espaço para navios no Porto de Santos.

O terminal será responsável por movimentar mais de 140 milhões de toneladas de petróleo e seus derivados, garantindo o abastecimento de toda a região de abrangência do porto santista. Ao longo dos 25 anos de contrato, serão gerados 12.111 empregos. “Nós teremos um setor portuário cada vez mais eficiente, cada vez mais dinâmico, que corresponde cada vez mais às expectativas do mercado”, comemorou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Para administrar o local pelos próximos 25 anos, a Petrobrás ofereceu R$ 558,25 milhões em valor de outorga, ous seja, em recursos iniciais, pelo terminal STS08A, de Santos. “Esse resultado, de fato, proporciona segurança jurídica num terminal estratégico. São investimentos que trazem um legado para o Porto de Santos e que vão resolver problemas históricos na movimentação de líquidos”, explicou o ministro.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL