México projeta novo trem

By Gabriel Lira24 May 2021

O governo mexicano projeta que a construção do projeto ferroviário Durango-Mazatlán tenha início em setembro deste ano. A este respeito, o secretário de Desenvolvimento Econômico (Sedeco), Gustavo Kientzle, disse que “já existe autorização financeira do Grupo Caxxor, que será responsável pela sua construção”. Este projeto visa percorrer os estados de Durango, Sinaloa e Coahuila, através do qual será aberta uma rota de transferência de mercadorias para outros mercados internacionais.

As primeiras obras têm a ver com a construção de um porto seco em Durango e outro em Mazatlan ao mesmo tempo. Em seguida, passaria para a linha férrea que ligará a rota com a saída para o mercado asiático.

A obra custará cerca de US $ 4,2 bilhões, mas estima-se que a cifra pode aumentar devido a eventuais projetos acessórios, como mais dois parques que poderiam ser construídos no Estado de Coahuila. Além disso, em Mazatlán “o porto flutuante que vai se instalar terá tecnologia eficiente e rápida para a chegada e saída de mercadorias, que só está disponível na China e nos Emirados Árabes Unidos”, disse Kientzle. O mais complicado, sim, e o que demorará mais para ser concluído é a ferrovia, pois levará cerca de quatro anos para ser construída, segundo a equipe técnica do grupo.

Vale ressaltar que esta ferrovia, que se estenderia por mais de 300 quilômetros, fará parte da primeira etapa do Corredor T-Mec, que segundo Carlos Ortiz, diretor do Caxxor Group “é um projeto que consiste em conectar rotas ferroviárias, terrestres e marítimas a partir do Porto de Mazatlan, no norte do México, com a costa leste dos Estados Unidos e os Centros Logísticos em Winnipeg, Canadá.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
As 50 maiores construtoras da América Latina - versão 2021
Esta lista apresenta uma queda de 15,2% na receita de 2020 em relação ao CLA50 do ano passado.
Grupo Burger: impulsionando o crescimento
Stacy Burger comenta sobre o crescimento do Grupo Burger e os desafios futuros.
Locar: Solidez e boa gestão
Amilcar Spinetti Filho conversou com a CLA sobre a estabilização do mercado e crescimento futuro.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL