México inaugura sua mais cara rodovia

By Fausto Oliveira21 October 2013

Baluarte bridge Mexico

Baluarte bridge Mexico

O presidente mexicano Enrique Peña Nieto inaugurou há dias o projeto viário mais caro da história do México, a rodovia Durango-Mazatlán.

Com 230 quilômetros, 41 túneis, 27 pontes, 5 entroncamentos e dois centros de controle para o túneis, a estrada ficou 12 anos em construção e consumiu US$2,2 bilhões.

A maior parte do investimento foi feita por capital mexicano, especificamente do Banco Nacional de Obras e Serviços Públicos.

Ao conectar-se com outras duas grandes rodovias, a autopista recém inaugurada conclui uma importante conexão do Oceano Pacífico, em Mazatlán, com o Golfo do México em dois pontos, Matamoros e Tampico.

Com isso, a estrutura viária mexicana ganha um corredor transoceânico que passa por sete unidades da federação, o que trará possibilidades econômicas muito interessantes no que diz respeito ao transporte de cargas, comércio e turismo.

Além dos benefícios econômicos que vai trazer, a rodovia também gera nos mexicanos o orgulho por algumas façanhas da engenharia. Uma delas é a ponte Baluarte (foto), que conecta Durango e Sinaloa.

Com 1.124 metros de extensão e 520 metros de altura em relação ao rio Baluarte, a ponte estã no Livro Guiness como a ponte suspensa mais alta do mundo. Apenas a ponte Baluarte consumiu US$154 milhões em sua construção.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL