Justiça homologa leniência da Andrade Gutierrez

10 May 2016

Andrade Gutierrez

Andrade Gutierrez

A construtora Andrade Gutierrez teve sua proposta de acordo de leniência com o Ministério Público Federal homologada pela Justiça. A obrigação financeira gerada para a empresa é de R$ 1 bilhão. Além disso, a empresa fica comprometida em colaborar com qualquer futura investigação de fatos de corrupção em que ela possa estar envolvida.

Para marcar a celebração do acordo, a construtora mandou publicar nos principais jornais do Brasil um comunicado em que pede desculpas públicas por sua participação no esquema de corrupção da Petrobras e outros casos. No texto, a Andrade também se compromete a mudar seu padrão de comportamento no futuro, e faz propostas para mudar o panorama da construção no Brasil.

Este é o segundo acordo de leniência assinado entre uma grande construtora brasileira e o Ministério Público Federal. O anterior foi da Camargo Corrêa. Mas o da Andrade teve o maior valor de multa.

Além destes casos, a própria Camargo e a Setal tiveram suas propostas de acordo aceitas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
Simon Kelly Gerente de vendas Tel: 44 (0) 1892 786223 E-mail: [email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL