Justiça bloqueia pagamento à Queiroz Galvão

By Fausto Oliveira09 April 2015

queiroz galvao

queiroz galvao

A Justiça Federal determinou o bloqueio do pagamento devido pelo governo do estado de Alagoas à construtora Queiroz Galvão. Mesmo estando sob investigação da Operação Lava Jato, este novo revés à empreiteira se originou de um processo cível contra ela na Justiça local. O valor sequestrado foi de R$ 163 milhões.

Trata-se do primeiro caso de decisão judicial que suspende pagamento por serviço realizado a uma construtora desde o princípio das investigações da Polícia Federal. Até agora, todos os valores retidos pela Justiça eram pertencentes a executivos de construtoras, ex-funcionários da Petrobras ou doleiros.

O Juiz Sergio Moro, responsável pelas decisões relacionadas à operação Lava Jato, justificou sua decisão afirmando que a retenção deste valor não afetaria a liquidez da empresa.

Antes, o próprio Moro havia decidido rejeitar pedidos de sequestro de valores das construtoras justamente por acreditar que tal decisão poderia comprometer a saúde financeira das construtoras e talvez levá-las à falência.

No geral, as construtoras brasileiras que estão sob a lupa das investigações vêm encontrando dificuldades para ter acesso a novos créditos e às vezes têm créditos suspensos por decisão unilateral dos mandantes dos serviços, que podem não pagar enquanto seus contratos estejam sob suspeita. Tudo isso afeta a liquidez da maioria das grandes empresas de construção do páis até o momento.

Mas apenas a Queiroz Galvão, até o momento, sofreu uma proibição judicial de receber por um serviço realizado. A construtora afirma que a dívida de Alagoas com ela é legítima e solicitou a revogação da decisão do juiz Sergio Moro.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
As 50 maiores construtoras da América Latina - versão 2021
Esta lista apresenta uma queda de 15,2% na receita de 2020 em relação ao CLA50 do ano passado.
Grupo Burger: impulsionando o crescimento
Stacy Burger comenta sobre o crescimento do Grupo Burger e os desafios futuros.
Locar: Solidez e boa gestão
Amilcar Spinetti Filho conversou com a CLA sobre a estabilização do mercado e crescimento futuro.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL