John Deere: os desafios do mercado para Linha Amarela

By Luciana Guimaraes07 November 2022

Entrevista com Roberto Marques, gerente de Vendas da divisão de Construção da John Deere para a América Latina

A Deere & Company oferece um portfólio com mais de 25 marcas que inclui uma linha completa de soluções e grande variedade de sistemas de produção ao longo do ciclo de vida das suas máquinas.

Empresa soma mais de 180 anos de experiência e terabytes de dados de precisão

Companhia investe incessantemente em tecnologia para alcançar melhores resultados. Foto: John Deere

Por aqui, em 1989, a empresa assumiu o controle acionário da SLC e passou a atender pelo nome John Deere Brasil.

São mais de 5 mil colaboradores; e aproximadamente US$ 550 milhões de investimentos nos últimos 12 anos e uma história inspiradora repleta de sucesso e relevância para o país.

Roberto Marques, gerente de Vendas da divisão de Construção da John Deere para a América Latina, conversa com a CLA sobre revéses correntes.

1) Como está a empresa, se consideramos que a crise antecipou a chegada de várias tendências e houve no setor, apesar de tudo, melhora nos resultados?

A chegada da pandemia trouxe muita tristeza, por conta de vidas perdidas, mas trouxe oportunidades – de repensarmos negócios e adotar práticas cada vez mais sustentáveis, tanto do lado ambiental, quanto do lado financeiro.

O monitoramento remoto de equipamentos de construção já vinha se intensificando e isso foi potencializado pela pandemia. Hoje, o ecossistema tecnológico da John Deere está cada vez mais inteligente e avançado e com o monitoramento remoto é possível corrigir erros de operação e também antecipar-se à possíveis falhas tornando a reparação mito mais rápido e tempos menores de equipamentos parados. Além disso, estamos passando por um momento de mercado muito aquecido. De acordo com o relatório trimestral da John Deere, divulgado em agosto deste ano, as vendas globais de equipamentos de construção e florestal da Deere subiram 8% na comparação entre o terceiro trimestre fiscal (mai/jul.) de 2022 e 2021.

Roberto Marques, gerente de Vendas da divisão de Construção da John Deere para a América Latina.

2) Fale um pouco sobre o conjunto de soluções tecnológicas que otimizam as máquinas da John Deere.

A inovação está no DNA da John Deere. A companhia investe em tecnologia para garantir que os clientes possam alcançar melhores resultados, fornecendo meios para tornar as obras mais inteligentes e sustentáveis, principalmente por meio da análise e interpretação de dados.

Todos os equipamentos de construção da John Deere contam com o JDLink – Software da companhia para o monitoramento remoto das máquinas de qualquer lugar e a qualquer instante. Esse sistema permite a utilização do Service ADVISOR Remote que é uma ferramenta exclusiva da John Deere e que permite o diagnóstico remoto de falhas e a análise de dados de desempenho do equipamento. Juntas, essas ferramentas formam um pacote integrado de soluções tecnológicas.

Com isso o cliente pode tomar decisões inteligentes, otimizar a frota, aumentar a produtividade e diminuir o custo operacional. Com o objetivo de oferecer um portfólio de soluções ainda mais completo, em 2017, a John Deere assinou um acordo para a aquisição do Wirtgen Group, companhia alemã que atua no setor de construção e pavimentação de estradas. A negociação complementou o setor de construção da John Deere e consolidou a posição da empresa como líder global no ramo de estradas. Ter um portfólio integrado e conectado permite que os produtores usem a máquina certa, no momento certo e no lugar certo.

3) Há tendência de troca de única máquina em substituição de uma frota completa, mas essa é uma propensão positiva no fim das contas?

A busca por eficiência na aquisição de máquinas dentro desse segmento passa pela assertividade na escolha do equipamento adequado para cada tipo de obra. O acerto no tipo de máquina que será usada resulta em maior produtividade, otimizando os custos, como menor uso de combustível, o que por sua vez contribui para a sustentabilidade na execução das operações.

4) O Sistema de Pesagem de Carga Útil da John Deere também é diferencial e ostensivo. Como funciona?

Deere & Company oferece um portfólio com mais de 25 marcas que inclui uma linha completa de soluções. Foto: John Deere

O sistema de pesagem que equipa as carregadeiras John Deere de produção é um opcional de fábrica e traz como grande diferencial a solução de pesagem dinâmica, ou seja, a máquina pesa o material em movimento não requerendo paradas para calibragem. O sistema também permite setagem de mesclas de material bem como envio de dados de produção para o sistema de telemetria JD Link.

5)As escavadeiras hidráulicas continuam com uma demanda elevada?

A companhia segue trabalhando para atender o mercado. A leitura da John Deere sobre o mercado coincide com os estudos e tem feito os investimentos necessários para acompanhar esse crescimento.

O mercado de escavadeiras no mercado brasileiro deve seguir crescendo em virtude da demanda e investimentos nos diversos setores, como residencial, pavimentação e mineração. De acordo com a Sobratema, após um crescimento de 36% alcançado entre os anos de 2020/ 2021, está prevista alta de 3% nas vendas de escavadeiras em 2022. A divisão de Construção da John Deere realizou uma série de atualizações em toda sua linha de escavadeiras, que passa a entregar uma maior velocidade e economia de combustível para os brasileiros.

Uma das melhorias mais evidentes em toda a linha de produto foi o redesenho e a mudança nos materiais das caçambas, agora feitas de ligas de aço enriquecidas com nióbio. Com isso, houve uma redução de 30% no peso sem diminuir sua capacidade de carregamento. Houve também melhorias estruturais nos chassis e material rodante para suportar as demandas do nosso mercado.

6) Equipamentos da companhia como os Tratores 700J-II, 750J-II e 850J-II incluem recursos como motores hidrostáticos de velocidade variável. Qual a principal diferença desse tipo de motor?

Vendas globais de equipamentos de construção e florestal da Deere subiram 8% na comparação entre o terceiro trimestre fiscal (mai/jul.) de 2022 e 2021. Foto: John Deere

A John Deere contempla de motores hidrostático de duas vias para todos os modelos de tratores. Esses são alimentados por duas bombas hidráulicas, a principal diferença é que eles trabalham com tração independente e máxima em cada esteira. Uma das grandes vantagens do sistema da John Deere com motores hidrostáticos é a grande economia de combustível quando comparados com tratores de transmissão direta.

7) Para efetuar uma compra assertiva, a companhia oferece uma série de treinamentos de Operação e Manutenção Básica para os produtos que compõe o portfólio de equipamentos. Esse conhecimento evita dores de cabeça futuras?

A capacitação de operadores é fundamental por diversos motivos, dentre eles a segurança de operação, o aumento da vida útil das máquinas e a melhoria da eficiência do trabalho, entre outros aspectos. Com o conhecimento adquirido, os qualificados se tornam capazes de auxiliar na obtenção de maior performance das máquinas, ajustar e otimizar a operação dos equipamentos, bem como realizar diagnósticos únicos, assertivos e rápidos. Além de conseguirem melhores resultados, os colaboradores serão mais motivados e preparados para o trabalho. Os cursos desenvolvidos pela John Deere são disponibilizados para concessionários e distribuidores, funcionários e clientes que buscam qualificação e aprendizado, de acordo com os valores da companhia: integridade, qualidade, comprometimento e inovação.

A estrutura de treinamento da empresa visa desenvolver os profissionais da Rede que, por sua vez, compartilham este conhecimento com os clientes.

Para isso, foi concebido o programa de Instrutor Certificado do Concessionário ou Distribuidor, que é preparado para utilizar a mesma didática e conteúdo utilizado pela John Deere em seus treinamentos, com a vantagem de ter maior capacidade de entrega no momento mais adequado para o cliente. Desde 2015, a John Deere conta com um Centro de Treinamento, em Campinas (SP), que foi construído para oferecer um ambiente com instalações modernas para qualificação e aprendizado. Contudo, a companhia continua a atuar em parceria com algumas escolas do Senai, que possibilitam que haja capacitação em diversas localidades do Brasil.

Além disso, a John Deere possui uma estrutura para serviços de pós-vendas que conta com a maior rede de concessionários e distribuidores do Brasil e América Latina, com mais de 300 pontos de vendas que oferecem serviços de manutenção para manter o rendimento operacional dos equipamentos durante toda sua vida útil. São mais de dois mil técnicos em campo que passaram por preparação específica nos treinamentos da empresa com simuladores. É importante a disponibilidade desta rede de técnicos, pois cada dia de atraso no processo produtivo representa a perda de rentabilidade.

8) As mulheres possuem também um protagonismo relevante na empresa, certo?

A John Deere entende que ter uma equipe plural é uma forma de trazer novos olhares, públicos, experiências e conhecimentos, enriquecendo o ambiente corporativo. As mulheres atualmente detêm 22% do total de cargos e 19% de cargos de liderança na companhia. A empresa conta com um Conselho de Diversidade, Equidade e Inclusão. Sua principal função é contribuir para a redução das desigualdades históricas, discutir e desenvolver estratégias para aprofundar ações dentro de cinco tópicos: Gênero, Pessoas com Deficiência, Funcionários de Produção, Inclusão Étnico-Racial e LGBTQIA+.

Atualmente, são mais de 70 iniciativas em andamento em diferentes unidades da companhia em todo o País, que promovem diversidade, inclusão, igualdade de gênero, empoderamento feminino, saúde, harmonia e bem-estar no clima organizacional. Umas das iniciativas da John Deere é o WomenREACH, um programa formado e gerenciado por funcionárias para incentivar o desenvolvimento das mulheres, trocar experiências e reforçar pontos como inclusão e diversidade na companhia.

Os colaboradores também podem participar do Programa + Mulher 360 (MM360), que tem a missão de contribuir para o empoderamento econômico da mulher brasileira em uma visão 360º. Outra ação de destaque é o Women in Operations (WIO), dedicado a mulheres atuantes em operações, área que costuma oferecer mais resistência à participação feminina dentro de empresas. Além disso, em julho, a empresa lançou a primeira edição do programa Women Can Code, projeto que busca aumentar a diversidade no mercado de tecnologia, por meio da capacitação, desenvolvimento e oferecimento de oportunidades para mulheres pretas, LGBTQIA+ e outras interseccionalidades.

9) Outro grande investimento da John Deere é percebido no desenvolvimento sustentável corporativo, que não é apenas uma obrigação ambiental e social. Comente a série de ações estabelecidas com esse viés.

A John Deere é uma das mais importantes marcas globais, sendo reconhecida e admirada em todo o mundo por atuar de acordo com seus valores fundamentais: integridade, qualidade, comprometimento e inovação.

Há 185 anos no mercado, a empresa é líder mundial na produção de máquinas agrícolas, além de ter uma posição preeminente em equipamentos para construção e pavimentação.

Possui ainda dois negócios adicionais, como equipamentos para colheitas florestais e para gramado, que completam outros setores de suporte, como Serviços de Pósvendas e de Peças, Financeiros e uma gama de Soluções Integradas. Mais do que uma empresa de máquinas, a John Deere é uma companhia de conexões: tecnológicas, produtivas, sociais e humanas – aliando a inteligência das máquinas à das pessoas.

Por isso, a empresa trabalha com aqueles que cultivam e colhem os frutos da terra: construindo, transformando e enriquecendo-a. Para tanto, contribui com produtos, serviços e inovações tecnológicas voltadas para a produção de alimentos em larga escala, bem como coopera para que o mundo avance no desenvolvimento de infraestrutura e energias renováveis. A empresa publicou, em fevereiro de 2022, metas focadas em impulsionar a sustentabilidade de seus clientes dentro do período de 4 anos (2026) e 8 anos (2030).

Os objetivos abrangem não apenas as próprias emissões da companhia, mas também se concentram em ajudar a reduzir os insumos e as emissões dos clientes da companhia. As metas estabelecidas buscam resultados sustentáveis em três pilares que englobam a cadeia de valor completa: resultados sustentáveis aos nossos clientes, com meta de redução dos gases do efeito estufa; reciclabilidade do produto; e redução da pegada ambiental.

Até 2026, a John Deere se compromete a apresentar uma solução viável de motor de baixa/livre emissão de carbono, entregar um trator com sistema totalmente autônomo e elétrico ao mercado, desenvolver mais de 20 produtos elétricos e híbridos na divisão de Construção e Florestal, e garantir que todos os novos produtos de pequeno porte, voltados para agricultura familiar e pequenas produções, estejam habilitados para conexão, abrangendo 1,5 milhão de máquinas. Ao promover a conectividade e as máquinas interagindo e gerando relatórios em tempo real, a operação se torna ainda mais sustentável. Além disso, a John Deere pretende que 50% da energia utilizada nas operações sejam oriundas de fontes renováveis ainda em 2022.

No Brasil, já são 100% das nossas operações com fontes limpas. Atualmente, a companhia está com 40,5%. Em relação ao tema água, a partir de 2023, reduzir 10% no consumo de água até 2030, tomando como baseline o consumido em 2022.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Perspectivas econômicas e de construção para a América Central
Scott Hazelton, da IHS Markits, fornece uma análise profunda da situação atual nos países da América Central.
Escavadeiras: Novas energias
Grandes equipamentos estão procurando maneiras de se tornar mais eficientes, produtivas e com menor impacto sobre o meio ambiente.
Versatilidade de carga
Compactas ou enormes, estas máquinas estão ganhando terreno nos principais locais de terraplenagem ao redor do mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL