JCB investe US$ 140 milhões em motores supereficientes

By Cristián Peters19 October 2021

Boris Johnson and Lord Bamford O primeiro ministro Boris Johnson (à direita) e o presidente da JCB, Lord Bamford, no anúncio da empresa

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson participou de um evento da JCB em Londres, onde o fabricante exibiu pela primeira vez um manipulador telescópico Loadall movido a hidrogênio. A máquina é a segunda da JCB a apresentar um motor a hidrogênio, após o recente lançamento de um protótipo de retroescavadeira.

O programa de hidrogênio da JCB emprega atualmente cerca de 100 engenheiros e a empresa anunciou que vai recrutar até mais 50, conforme aumentar a produção, com o objetivo de ter as primeiras máquinas de construção a hidrogênio no mercado até o final de 2022.

A JCB está investindo 100 milhões de libras (quase US$ 140 milhões) em seu projeto para produzir motores a hidrogênio supereficientes. “Grandes fabricantes britânicos como a JCB estão desenvolvendo soluções inovadoras para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e promover a revolução industrial verde do Reino Unido. Foi fantástico ver os motores a hidrogênio supereficientes da JCB, que poderiam remodelar a fabricação no Reino Unido, nos ajudar a atingir rapidamente nossas metas climáticas e aumentar a economia de hidrogênio do Reino Unido - uma área empolgante que será essencial para enfrentar as mudanças climáticas, criar novos empregos e atrair investimentos, “disse Johnson.

Por sua vez, o presidente do JCB, Lord Bamford, disse que “nosso tipo de maquinário terá que funcionar com algo diferente de combustíveis fósseis. Fazemos máquinas que funcionam a diesel, por isso temos que encontrar uma solução e estamos fazendo algo a respeito. Estamos investindo em hidrogênio, pois não acreditamos que a eletricidade seja a solução abrangente, especialmente para a nossa indústria, porque ela só pode ser usada para alimentar máquinas menores. Isso significa que continuaremos a construir motores, mas eles serão motores a hidrogênio supereficientes, acessíveis e de alta tecnologia com zero emissões de CO2, que podem ser comercializados rapidamente usando nossa base de fornecimento existente. Esses serão os primeiros motores a hidrogênio em nossa indústria, desenvolvidos na Grã-Bretanha por engenheiros britânicos. Os motores a hidrogênio têm o potencial de ajudar o Reino Unido a atingir as metas de emissões de CO2 mais rapidamente. ”

A JCB fabrica motores desde 2004 e os produz em fábricas em Derbyshire e Delhi, Índia. Este ano, a JCB celebrará um marco importante: a produção de seu motor 750.000.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Movimento elétrico
Os tempos modernos trazem consigo inúmeras inovações. No artigo de Luciana Guimarães, a CLA revê algumas novidades sobre a terraplenagem.
Considerações sobre lança articulada
Orçamentos, tarefas específicas, detalhes técnicos são alguns dos aspectos a serem considerados na compra de uma plataforma
Acess M20: Para cima
Alguns podem considerar 2020 uma anomalia que dificilmente se repetirá. Quanto ao accessM20, também pode ser visto como um sinal dos tempos.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL