Índice ABRAMAT indica queda no faturamento da indústria em abril

A ABRAMAT (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) divulgou na última segunda-feira, 15, a nova edição da sua pesquisa Índice, elaborada pela FGV com dados do IBGE, apresentando os dados de faturamento do setor. O estudo indica que em abril de 2023, o faturamento deflacionado das indústrias de materiais apresentou queda em comparação com o mês anterior, com redução de 3,7%. Com esses dados, os quatro primeiros meses do ano tiveram queda de 6,9% e retração de 4,1% na comparação com o mesmo mês de 2022. 

A nova edição da pesquisa também aponta os dados consolidados de março de 2023. No período, a indústria de materiais de construção teve faturamento 0,9% menor que o observado em março de 2022. Já na comparação com fevereiro, com ajuste sazonal, houve aumento de 3,6%.

A ABRAMAT prevê crescimento de 2,0% este ano no faturamento total deflacionado dos materiais de construção em relação a 2022, mesmo com a quarta queda seguida. “Apesar dos desafios para a retomada do crescimento da economia, como o atual patamar de juros, continuamos acreditando no crescimento sustentável do setor, com o devido foco dado pelo poder público, como o Minha Casa Minha Vida, a retomada de obras paradas e de infraestrutura. Também seguimos atentos e atuantes, participando agora do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Sustentável do Governo Federal, com objetivo de fortalecer e priorizar ações importantes para nosso setor”, ressalta Rodrigo Navarro, presidente da ABRAMAT.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL