Índice ABRAMAT indica estabilidade em março

By Luciana Guimaraes08 April 2022

A ABRAMAT (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) divulga divulgou a nova edição da sua pesquisa Índice, elaborada pela FGV com dados do IBGE, apresentando os dados de faturamento do setor.

O estudo indica que em março de 2022, o faturamento deflacionado das indústrias de materiais se estabiliza em comparação com o mês anterior, com crescimento de 1,1%. Apesar da estabilidade, o primeiro trimestre do ano registra queda de 9,4% na comparação com o mesmo período de 2021 e queda de 8,3% na comparação com o mesmo mês de 2021.

A nova edição da pesquisa também aponta os dados consolidados de fevereiro de 2022. No período, a indústria de materiais de construção teve faturamento 9,3% menor que o observado em fevereiro de 2021. Registrando a sexta redução seguida na comparação interanual.

Para 2022 a previsão da ABRAMAT permanece, estimando crescimento de 1% no faturamento da indústria de materiais de construção em relação a 2021. “A queda no faturamento neste primeiro trimestre continuará a ser observado por mais alguns meses, pois reflete a base de comparação mais elevada do primeiro semestre de 2021. No período tivemos a retomada da economia e dos setores produtivos no segundo ano de pandemia já com as flexibilizações em diversos Estados e no Distrito Federal. Certamente nos últimos meses do ano o sinal deve voltar a se inverter. O que vai ao encontro de nossa perspectiva de recuperação do setor com crescimento de 1%, mostrando estabilidade.”, comenta Rodrigo Navarro, presidente da ABRAMAT.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A evolução do manipulador telescópico da Skyjack
Skyjack produz uma linha completa de telehandlers com sete modelos
Eletrificação das máquinas de acesso está superando o ímpeto regulatório
Impulso em direção às máquinas de construção elétrica começou com a regulamentação governamental
Dados que impulsionam as máquinas
Como os fluxos de dados de monitoramento podem reduzir custos e emissões de carbono e talvez um dia permitir que as máquinas funcionem por conta própria
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL