IMT chega à América Latina com a IDS

By Cristián Peters31 March 2022

IDS - Infrastructure Development Services SRL anunciou que a partir de março deste ano assumirá a representação do IMT italiano em alguns países da América Latina. O fabricante italiano de equipamentos de perfuração escolheu a empresa como agente comercial para a Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.

Equipo de perforación de IMT en una obra en Australia. Plataforma de perfuração IMT em um canteiro de obras na Austrália. (Foto: IMT)

A IMT foi criada em 1974 por Giulio Accorroni, fundador e inventor da primeira sonda de perfuração em 1958, quando os poços de água ainda eram perfurados utilizando métodos não industriais. Esta foi a primeira sonda de perfuração a ser construída na Itália e utilizou a potência motorizada de um trator. Em 1974 nasceu a IMT cuja história foi fundada desde o início sobre dois fatores principais que permanecem fundamentais, a inovação constante e a alta qualidade de seus produtos. A IMT possui uma ampla gama de equipamentos de perfuração. Como explica o parceiro da IDS Rafael Casale, os produtos da empresa podem ser divididos em duas linhas principais: amarelo, que são sondas montadas em equipamentos Caterpillar, e branco em suas próprias sondas, cobrindo uma ampla gama de diâmetros e profundidades de escavação. A empresa italiana também oferece soluções integradas para poços de extração de água, que incluem tanto equipamentos de perfuração quanto uma gama de tratamentos.

Segundo a Casale, “todos os produtos IMT são fabricados com os melhores materiais e componentes”. Isto garante alta confiabilidade e torna possível encontrar peças de reposição em todo o mundo, graças ao uso de componentes de marcas reconhecidas e altamente confiáveis. Ao priorizar a simplicidade de seus produtos, a IMT minimiza o tempo de parada no local graças a um sistema que não utiliza muitos componentes eletrônicos, com manutenção caracterizada por uma boa relação custo/eficiência. Todas as máquinas IMT são projetadas para serem multifuncionais e para se adaptarem aos principais kits especiais de aplicação, tais como: CFA, DWG, Crowd Winch, Hammers e Vibro flotation. Qualidade, Poder, Eficiência e Confiabilidade são características tradicionais da IMT que lhe permitiram tornar-se uma marca de prestígio conhecida em todo o mundo”.

“Estamos orgulhosos de ter esta representação, pois a IMT é uma das empresas pioneiras neste campo. Seu fundador foi o inventor deste tipo de maquinaria. Será um grande desafio introduzir seus equipamentos na América Latina”, diz o executivo.

IDS SRL

La IMT A290 es una máquina de pilotaje de clase de 75-80 toneladas. A IMT A290 é uma empilhadeira da classe 75-80 toneladas. (Foto: IMT)

“IDS é uma empresa micro multinacional de serviços e soluções que fornece suporte a desenvolvedores de infraestrutura públicos e privados, fabricantes de equipamentos, máquinas e materiais e empresas de engenharia e/ou construção. Através de profissionais com experiência comprovada em diferentes áreas de infra-estrutura, facilita a entrada ou consolidação de novos mercados, minimizando riscos, tempo e custos nos processos de internacionalização de empresas fornecedoras de bens e/ou serviços”, diz Casale.

As primeiras obras foram orientadas para projetos de PPP desenvolvidos na Argentina, tendo assessorado um consórcio de empresas que obteve um importante contrato de concessão para um corredor rodoviário composto de várias rodovias e o banco de fomento empresarial da Holanda na formação de consórcios para projetos de PPP relacionados com a água. “Ao mesmo tempo, conseguimos a representação comercial das empresas italianas ECM (sinalização e segurança ferroviária) e Ropatec (turbinas eólicas de eixo vertical)”, acrescenta ele.

Posteriormente, a empresa começou a ampliar seu espectro com trabalhos de consultoria técnico-comercial para empresas na China, México, Espanha, Itália e Argentina para projetos de concessões rodoviárias e hospitalares e as licitações para a construção da Linha 7 do Metrô de Santiago do Chile, por exemplo.

“Desde o início de 2021, estabelecemos a sede legal da empresa na cidade de Montevidéu, no Uruguai. Além disso, temos presença na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, México, Itália, Panamá, Paraguai e Peru”, diz o executivo. Através de seu conhecimento de cada mercado, a IDS oferece serviços e soluções “sob medida”.

Atividades abrangentes

Rafael Casale, socio de IDS Rafael Casale, socio da IDS. (Foto: IDS)

A empresa realiza uma ampla gama de atividades com empresas relacionadas com o mercado de infraestrutura. No caso de fabricantes de máquinas (como IMT), a IDS oferece pesquisa de mercado, inteligência comercial, estratégias de entrada ou consolidação, internacionalização, desenvolvimento de negócios e consultoria empresarial. “Também a divulgação de produtos e serviços em áreas especializadas, representação de produtos, escritórios de vendas locais. Em certos produtos, serviços de instalação e/ou montagem, assistência para a homologação às normas técnicas e legais de cada país e a gestão de suporte e garantias pós-venda”, explica Casale.

Por sua vez, as empresas de engenharia e construção podem contar com apoio para o estabelecimento e início de operações e planos de softlanding com redes de contato locais, bem como assessoria comercial, apoio técnico, jurídico e administrativo, identificação e seleção de potenciais parceiros e assessores e pessoal local, entre outros serviços.

“No caso de promotores e desenvolvedores de infra-estrutura, nós os auxiliamos com apoio na gestão de projetos, programas e portfólio, incluindo: planejamento estratégico e desenvolvimento de portfólio de projetos, formulação e avaliação de projetos de investimento, análise de risco e planos de mitigação, estruturação de planos de infra-estrutura e projetos específicos. Assistência em processos de licitação, concessões e PPPs, promoção de projetos (apresentação aos investidores, imprensa e divulgação) e gerenciamento de projetos (EPCM)”, diz ele.

Finalmente, a IDS também oferece serviços de consultoria para instituições financeiras e investidores que desejam estudar qualquer um dos países onde a empresa atua.

Perspectiva ferroviária

Walter Maroni, socio de IDS Walter Maroni, socio da IDS. (Foto: IDS)

Outra das novidades da empresa na região é seu trabalho com o Greenrail Group, outra empresa italiana que, segundo Walter Maroni, também sócio da IDS, inovou no projeto de dormentes ferroviários sustentáveis. “As travessas Greenrail consistem de uma cobertura externa feita de uma mistura de borracha reciclada de pneus fora de uso e plástico reciclado de resíduos urbanos, com um núcleo interno de concreto armado pré-esforçado”, diz ele. Segundo o executivo, estes dormentes garantem todas as características mecânicas usuais para este tipo de produto, ao mesmo tempo em que oferecem inúmeras vantagens, tais como maior vida útil, menores custos de manutenção e uma notável redução nas vibrações e ruídos causados pelo tráfego ferroviário, entre outras.

Neste caso, Maroni explica que o objetivo do IDS é procurar plantas de produção para este produto em diferentes países, e que estão sendo feitos progressos no desenvolvimento de uma planta na Argentina. “A idéia é poder aplicar a tecnologia através de parceiros locais que tenham algum envolvimento na cadeia produtiva, integrá-los e fazê-los unir forças. Já estamos em conversações com uma empresa de reciclagem de borracha, um produtor de agregados e um fabricante de peças de borracha”, diz ele.

“Também estamos trabalhando para um grupo de investimento para criar uma nova empresa de operação ferroviária de carga em um país latino-americano, com os principais fabricantes de locomotivas e leasing de equipamentos ferroviários na Europa”, conclui ele.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Como o planejamento da elevação está integrado à segurança e aos negócios?
Hannah Sundermeyer conversa com especialistas em engenharia sobre o estado atual do planejamento de elevadores
Construção de Rodovias: O caminho para o futuro
As equipes de pesquisa e desenvolvimento de equipamentos para construção de estradas estão se concentrando na autonomia, energia e maior integração digital.
Preparação para a M&T a todo vapor
Após ser adiada devido à pandemia, a indústria de construção latino-americana se reunirá novamente no Brasil no final de agosto.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL