Guindaste Manitowoc recondicionado garante economia de 75% de valor à Odebrecht

30 January 2014

4000W Maniotowoc

4000W Maniotowoc

A Manitowoc do Brasil recondicionou um guindaste 4000W através de seu serviço EnCORE para um importante cliente, a construtora Odebrecht. Pelo serviço, a maior construtora do Brasil economizou 75% do que seria o preço de compra de um guindaste equivalente novo.

O guindaste Manitowoc 4000W da Odebrecht foi fabricado há 38 anos. Trata-se de um guindaste de lança treliçada sobre esteiras que há décadas trabalha num estaleiro em Salvador.

Segundo comunicado da Manitowoc Brasil, a Odebrecht preferiu manter seu 4000W em funcionamento ainda com tantos anos de serviço porque o equipamento tem sistemas internos que o fazem muito adequado para um estaleiro, como um sistema de queda livre que serve bem para cravar estacas.

O trabalho de recondicionamento custou à Odebrecht o equivalente a 25% do preço de um guindaste novo com as mesmas características.

De acordo com os engenheiros da Manitowoc, o serviço EnCORE garante à máquina a possibilidade de vida útil mais prolongada. “Com sorte, pode ter 39 anos mais”, disse o gerente do EnCORE para América Latina Rodrigo Stefanini.

O serviço EnCORE consiste na desmontagem total do guindaste, inspeção completa, restauração estrutural e instalação de novos componentes. Cada caso é analisado de acordo a como está o equipamento.

No caso do 4000W, a construtora recebeu de volta o equipamento em setembro de 2013 e lhe pôs a todo tipo de prova. Funciona como nova e continua trabalhando no estaleiro na Bahia.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL