Guerra leva Coopercon-Ceará a suspender importação de aço

A Cooperativa da Construção Civil do Estado do Ceará (Coopercon-CE) suspendeu os planos que tinha para iniciar, de março para abril, a importação do aço da Turquia. A decisão se baseia em medida solicitada pela entidade nacional, após avaliar impacto da guerra travada entre Rússia e Ucrânia na aquisição de insumos.

“Sabendo das dificuldades existentes, além da insegurança e instabilidade ocasionadas pelo conflito, a Coopercon Ceará anunciou a suspensão da importação de aço”, frisa, em nota.

“Pela proximidade do país (Turquia) em relação à Ucrânia e Rússia, há uma preocupação com a segurança e o transporte marítimo. Isso acaba impactando no preço final”, explica, acrescentando que o fabricante que iria atender a entidade é turco e normatiza o produto conforme o Inmetro. “O aço chegaria ao Brasil seguindo todas as normas nacionais”, complementa.

A entidade da construção civil, que tem 127 associados, comunica que seguirá monitorando o panorama internacional e “quando o momento for mais oportuno”, retomará o processo de negociação. “Garantimos inclusive a certificação CA 50 e em breve teremos a CA 60 e telas. Assim, estaremos com todas as bitolas disponíveis para importação”, ressalta.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL