GSP deve conseguir mais de 4.000 autorizações

29 September 2014

gasoducto sur peruano

gasoducto sur peruano

Segundo informou a Associação para o Fomento da Infraestrutura do Peru (AFIN), o consórcio encarregado da construção do Gasoduto Sul Peruano deve conseguir 4.102 autorizações para poder executar as obras. A maioria delas estão relacionadas com matérias de recursos naturais, hídricos e de transporte.

A AFIN manifestou publicamente sua rejeição ao que chamou de uma situação “irracional”, que o único que faz é pôr travas e dificuldades na execução de projetos que o próprio Estado demanda e que são de grande importância para a população. “É de interesse público que essas obras se executem o mais rápido possível e da maneira mais eficiente. Chegamos a uma situação irracional na que a quantidade e desorganização das autorizações exigidas pelo setor público se contrapõem aos interesses do mesmo Estado e os direitos dos cidadãos a uma melhor qualidade de vida”, informou a AFIN.

O projeto Gasoduto Sul Peruano foi licitado pelo consórcio composto pela Odebrecht e a Enagás. O investimento estimado para sua construção e operação é de US$7,32 bilhões. Somente a construção dos poucos mais de 1.000 quilômetros da Infraestrutura demandará US$4 bilhões.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL