Fracassa primeira licitação do Canal da Nicarágua

By Fausto Oliveira02 December 2014

HKND

HKND

A empresa chinesa concessionária do projeto do Canal da Nicarágua declarou deserta a primeira licitação feita no projeto de megaobra. Tratava-se da construção de uma rodovia de acesso ao local das futuras obras. A Câmara Nicaraguense da Construção protestou contra a concessionária HKND.

A rodovia que se tentou licitar é uma via paralela ao futuro canal, que servirá como acesso de máquinas, insumos e trabalhadores nos cinco anos de obras que se avizinham no país.

No dia 27 de novembro, representantes da concessionária chinesa declararam deserta a licitação, da qual participaram seis empresas nicaraguenses convidadas ao processo. Não se entregaram maiores detalhes para a não aceitação de nenhuma delas como contratada da primeira obra do grande projeto.

Mas o fato gerou um mal estar na associação de empreiteiras do país, que protestou pelo fracasso da licitação. “As empresas nicaraguenses têm capacidade. Foram convidadas seis empresas e cinco entregaram ofertas. Na Nicarágua existe mais capacidade do que se necessita para essa rodovia”, disse o presidente da Câmara da Construção do país, Benjamín Lanza.

A HKND informou que a licitação será refeita, mas não divulgou data ou requerimentos técnicos e econômicos que pudessem explicar porque as empresas locais não foram consideradas aptas para o primeiro contrato do projeto do Canal da Nicarágua.

Recentemente, o governo do país e a concessionária anunciaram a data de início das obras, que será no dia 22 de dezembro. Orçado em US$ 50 bilhões, o canal tem prazo estimado em cinco anos, demandará o trabalho de cerca de 50 mil pessoas e deverá movimentar cerca de um milhão de metros cúbicos de terra a cada ano de obras.

Além do próprio canal, serão construídos dois portos, um aeroporto, duas eclusas, uma zona de livre comércio e um complexo turístico. A HKND tem a concessão por 50 anos, prorrogáveis por mais 50 anos.

(Na foto, o presidente da Nicarágua Daniel Ortega recebendo o presidente da HKND Wang Jing).

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
América Latina em maturidade de estradas
Revisão de alguns dos principais projetos de construção de estradas da região, que envolveriam investimentos de mais de US$ 18 bilhões.
Principais locadoras da América Latina
Uma nova versão do Latam Rental 45 mostra que 2020 foi um ano complexo, mas a indústria foi resiliente
Off Highway Research: 2021 terá vendas recordes de equipamentos
Apesar da pandemia, as vendas globais de equipamentos de construção atingirão um recorde este ano...se a indústria puder acompanhar a demanda.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL