FMI melhora previsões para América Latina

25 July 2017

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou melhores perspectivas para a América Latina. Suas últimas projeções são de que a região está saindo da recessão que em diferentes graus atingiu vários países.

De acordo com o FMI, a região latino-americana em seu conjunto crescerá 1% este ano, e o prognóstico para 2018 é quase dobrar este desempenho, chegando a 1,9%. Em 2016, a região como um todo perdeu 1% de seu valor de produção econômica.

Por mais difícil que seja crer, o Brasil é quem está gerando o efeito de arrasto positivo sobre a previsão regional. Após uma violenta contração de 3,6% em 2016, o país deverá ter modesto crescimento de 0,3% este ano, segundo o Fundo. Ano que vem, deverá crescer 1,3%.

A Argentina parece ter se colocado de volta na senda do crescimento. Enquanto isso, o México, que em 2016 cresceu 2,3%, deverá crescer novamente este ano, mas a uma taxa de 1,9%, e em 2018 o FMI prevê crescimento de 2% para a economia mexicana.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL