Fitch rebaixa grau de investimento do Brasil

By Juliana De Andrade16 December 2015

Pacote de medidas

Pacote de medidas

Um mês após a agência Standard & Poor’s retirar o selo de bom pagador do Brasil, agora foi a vez da Fitch Ratings rebaixar a nota o país.

A agência de classificação concluiu que o país, que antes se enquadrava na categoria “BBB”, agora se classifica como “BBB-“, o que significa que ainda mantém o grau de investimento aceitável, embora com uma perspectiva negativa, o que leva a crer que ainda pode voltar a ser rebaixado futuramente, já que essa possibilidade é de 50% entre os países colocados nesta perspectiva.

Segundo a Fitch, em uma nota assinada pela economista Shelly Shetty, o rebaixamento reflete o crescente peso da dívida do governo, o aumento dos desafios para a consolidação fiscal e a piora do cenário para o crescimento econômico. “O difícil ambiente político está afetando o progresso da agenda legislativa do governo e criando reações negativas para a economia mais ampla”, destacou Shetty.

A agência anunciou que a perspectiva foi determinada em abril, mas o rating foi rebaixado apenas seis meses depois, pois não é possível determinar um prazo com exatidão, o corte geralmente é feito em um período entre 12 e 18 meses. E alerta que o país pode perder o selo de bom pagador em breve conforme a deterioração das finanças do governo em meio à prolongada recessão causada pela fraca situação do mercado de trabalho, a redução da popularidade da presidente, tensões entre o governo e o Congresso Nacional, o alcance das investigações na Petrobrás e os riscos de impeachment presidencial.

A agência projeta que o déficit do governo chegue a 9% do PIB em 2015 e que a economia do Brasil sofra uma queda de 3%. Em 2016 a economia deve cair 1% seguido por um crescimento modesto em 2017.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
As 50 principais
Um crescimento substancial nunca antes visto foi notado pelas principais empresas de construção da América Latina
Os 200 principais
Lista exclusiva da International Construction dos 200 maiores empreiteiros do mundo por vendas revela que a indústria parece ter colocado o impacto da pandemia no passado
A evolução do manipulador telescópico da Skyjack
Skyjack produz uma linha completa de telehandlers com sete modelos
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL