Empresa chilena construirá hidrelétrica por US$ 150 mi

By Construção Latino-Americana08 January 2020

Central Frontera

Projeto da Central Frontera

A construtora chilena SalfaCorp venceu concorrências por US$ 267 milhões recentemente, entre as quais destaca-se a construção da Central Hidroelétrica Frontera, que deverá custar US$ 150 milhões e cuja construção deverá começar em meados deste ano.

“Estamos muito ansiosos por começar a Central Frontera. É um projeto que estudamos por muito tempo, temos uma equipe de profissionais especializados e muito capazes de desenvolvê-la”, disse Jorge Meruane, gerente geral da empresa. “Esta obra nos permitirá contribuir para gerar energia para a região de Bio Bio (500 km ao sul de Santiago) e suas comunidades, energia limpa e de baixo impacto ambiental”, disse também.

A hidrelétrica Frontera será uma usina feita com projeto de fio d’água, que tem muito menor impacto ambiental por não represar água em barragem.

A SalfaCorp também venceu licitações para outras obras de construção, montagem industrial e manutenções por cerca de US$ 90 milhões no Chile, e um contrato no Panamá em associação com outra empresa em 50%.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
O fino das margens
Mesmo pequenas mudanças valema pena para os fabricantes de produtos de britagem e peneiramento.
Desafios de gestão e desenvolvimento
O estoque de equipamentos e produtos é um fator crítico em uma operação, e a pandemia tornou tudo mais difícil.
Perú se recupera e mostra sua força
Good news in the construction industry, which reached pre-pandemic levels in April.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL