Emprego na construção cai forte no Brasil

By Fausto Oliveira03 June 2015

desempleo

desempleo

Dados do IBGE divulgados esta semana mostram que a crise econômica pela qual passa o Brasil afeta drasticamente o emprego na construção. No trimestre terminado em abril, o emprego no setor caiu 7,6% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Os números do emprego no Brasil ao longo de fevereiro, março e abril só foram piores no setor de administração pública, o que deixa a construção como o principal setor privado a perder postos de trabalho no cenário de crise.

A construção também foi o setor que perdeu mais salário. O nível de salário pago no setor caiu 6,5% em relação aos meses de fevereiro, março e abril de 2014 no setor.

Na comparação com o trimestre terminado em janeiro de 2015, que inclui dezembro e novembro do ano passado, a perda de empregos na construção brasileira foi de 3,7%, ou cerca de 288 mil pessoas demitidas.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL