Dívida ameaça projetos do governo panamenho

By Fausto Oliveira07 July 2014

panama presidente

panama presidente

O Panamá tem novo presidente, Juan Carlos Varela, desde o dia 1º de julho. Em seus primeiros dias de governo, Varela fez promessas importantes que dizem respeito à infraestrutura do país centro-americano.

Após tomar posse, Varela prometeu que em sua gestão todos os panamenhos terão acesso à rede de água potável e a serviços de saneamento básico. Mais especificamente, prometeu levar a rede de esgoto a 300 mil lares do país, que segundo ele, ainda não contam com o serviço essencial.

Além disso, o novo presidente anunciou um plano de US$ 500 milhões para melhoramentos gerais da cidade de Colón, que se encaixaria numa iniciativa maior de remodelação da costa Atlântica do país. Varela prometeu para Colón a construção de casas, uma usina de tratamento de águas residuais, pavimentação de ruas e estradas e projetos de iluminação pública.

Mas seus projetos podem encontrar obstáculos inesperados no aspecto financeiro. Tudo porque a dívida do país, de acordo com a imprensa panamenha, pode ser maior do que o divulgou o presidente anterior, Ricardo Martinelli.

De acordo com as mais recentes informações, a dívida do país seria de US$ 18 bilhões, e o déficit fiscal projetado para 2015 seria de US$ 1,93 bilhões, o que representa 3,7% do PIB do Panamá.

A lei de responsabilidade fiscal do Panamá estabelece como limite de endividamento público 2% do PIB. Isso fará com que Varela tenha que ajustar contas antes de começar projetos que exijam investimentos públicos muito grandes.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL