Desembarque do Aeroporto de Campo Grande fica pronto em uma semana

By Luciana Guimaraes14 December 2021

A modernização e ampliação do terminal viabilize que mais companhias aéreas se interessem em oferecer voos partindo de Campo Grande (MS), inclusive para outros países como Uruguai, Chile e Argentina.

A reforma do Aeroporto Internacional de Campo Grande, orçada em R$ 39,9 milhões, foi entregue em agosto com 92% da obra concluída.

O setor de desembarque segue em obras, que devem encerrar na próxima semana.

Conforme a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) informou, o aeroporto vai finalizar 100% da obra em fevereiro de 2022. Em agosto, na inauguração da obra de reforma e ampliação, o ministro Tarcísio Gomes disse que além do terminal, na parte interna, a parte externa, como a pista de pouso, também sofreu ampliações e está preparada para receber voos internacionais com aeronaves maiores.

“É entregue uma obra moderna e que vai atrair maior oferta de voos para a Capital. Com uma melhor infraestrutura, atrai mais demanda e agora o terminal tem a capacidade de atender o dobro do que atendia antes”, afirmou.

As obras no terminal começaram em outubro de 2019com investimento de R$ 39,9 milhões, recursos oriundos do Fnac (Fundo Nacional de Aviação Civil) e terminam quase dois anos depois.

Conforme informou a Infraero, a capacidade do terminal de passageiros, dos atuais 2,5 milhões por ano, passa para 4,5 milhões. A área total construída é 105,8% maior e passou de 7.215 m² para 14.852 m². As salas de embarque, doméstico e internacional, obtiveram um acréscimo de 178%; o saguão de 91,5%; e as áreas comerciais foram ampliadas em 86%.

Como o projeto previa diversas intervenções, o canal de inspeção de segurança também foi modificado, duplicando de tamanho.

A climatização foi modernizada e integra o projeto de sustentabilidade do aeroporto. “A água do sistema de refrigeração é reaproveitada bem como a água da chuva. Também foram realizadas obras de regularização da faixa preparada da pista de pouso, decolagem e implantação de área de segurança (área de escape) a fim de reduzir os riscos de danos à aeronave no caso de uma ultrapassagem dos limites da pista”, disse a empresa.

Atualmente, o terminal está recebendo as últimas interferências na pista de taxiamento, pátio de aeronaves e acesso viário ao aeroporto. A fachada também terá uma cara nova e recebe os últimos ajustes antes da reinauguração.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL