Costa Rica estuda duplicação de rodovia

By Gabriel Lira04 March 2019

Obra em trecho de 46 km pode investir US$ 643 milhões, graças a túneis e viadutos.

O Consórcio H Solis TPF Ingeniería propôs ampliar um trecho de 46 quilômetros que comunica a ponte sobre o rio Virilla com o rio Sucio na Costa Rica, obra que está orçada em US$ 643 milhões e seria financiada com a cobrança de pedágios por 30 anos de concessão.

A proposta de ampliação do trecho viário foi apresentada ao Ministério de Obras Públicas e Transportes da Costa Rica pelo consórcio empresarial, e ainda está sob análise.

Além disso, informou a imprensa local, o objetivo é duplicar a pista de todo o trecho em questão. Assim, será necessário construir um túnel paralelo ao túnel Zurquí, que fica na Rita 32 do país. Além disso, se projetam dois viadutos e vários trechos rodoviários em dois níveis. Estruturas de contenção e anti-deslizamentos de terra estão no pacote.

Aceitando-se o modelo de concessão para o projeto, o governo costarriquenho abriria uma concorrência para contratar um consórcio que desenvolva a obra e cobre os pedágios para recuperar o investimento. O consórcio que elaborou a proposta pode participar da licitação, mas sem garantia de que será o escolhido.

Engenheiro da H Solis, Rodrigo Fernández disse que “os trabalhos consistiriam na duplicação do trecho que atualmente tem uma pista por sentido, e em alguns setores um esquema 2+1 (pistas de acesso) a uma rodovia com duas pistas por sentido. Será necessária a construção de viadutos e alguns trechos de rodovia em dois níveis”.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL