Construtora chinesa fará base brasileira na Antártida

10 March 2016

A Marinha do Brasil contratou a construtora estatal chinesa China National Electronics Imports and Exports Corporation (CEIEC) para construir uma nova base de pesquisa científica na Antártida, por US$ 100 milhões.

A base anterior, que se chamava Comandante Ferraz, foi destruída num incêndio em 2012.

O novo projeto, que prevê 5 mil metros quadrados de área com acomodação para 64 pessoas e 18 laboratórios, é responsabilidade do Studio 41, empresa do Chile que apresentou sua proposta num concurso internacional em 2013.

A CEIEC também vai construir um heliporto, turbinas eólicas e painéis solares para gerar a energia da nova estação.

O contrato faz parte do pacote de investimentos chineses no Brasil, anunciado em visita oficial do primeiro ministro chinês Li Keqiang ao país no ano passado.

Naquela visita, foram assinados 35 acordos para investimento de cerca de US$ 53 bilhões chineses no Brasil.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL