Construção chilena recuperada em 2021

By Cristián Peters Quiroga10 January 2022

A construção chilena teve crescimento em 2021 e recuperou o que foi perdido em 2020 devido às restrições impostas para enfrentar a pandemia, segundo o relatório macroeconomia e construção (MACh), periodicamente elaborado pela Câmara de Construção do Chile (CChC).

avier Hurtado, gerente de Estudios de la CChC, y Antonio Errázuriz, presidente del gremio. Javier Hurtado e Antonio Errázuriz.

Assim, em 2021, o investimento em construção cresceu 12,8%, o que se compara favoravelmente com a queda de 11,3% registrada em 2020. Embora seja preciso levar em conta que parte desse importante crescimento se deve à baixa base de comparação, os números positivos também são explicados pelo alto nível de cumprimento do plano de reativação, o que estimulou o desenvolvimento de obras de infraestrutura pública.

“Da mesma forma, houve um ciclo positivo de vendas de imóveis, que começou a se reverter no final de 2021 devido ao aumento da inflação e do MPR. Isto levou ao aumento das taxas de juro do crédito à habitação, cujos prazos de concessão também foram reduzidos e as condições para a sua aprovação reforçadas”, explicou Javier Hurtado, Diretor de Estudos do CChC.

Outro aspecto negativo para a indústria em 2021 foi o aumento constante e severo do preço dos materiais de construção.

PROJEÇÕES 2022

As projeções para o exercício atual não são otimistas. Segundo a entidade, o melhor cenário para este ano de 2022 seria que o investimento em construção não se contraísse novamente. Caso contrário, o sindicato estima que o investimento setorial pode cair até 2%, aproximadamente. Isso porque, neste caso, o efeito de base da comparação atua contra ele, o que representaria “uma queda significativa no investimento em infraestrutura produtiva privada, devido ao alto nível de incerteza política e econômica”, disse Hurtado.

Outros fatores de risco seriam a evolução do déficit fiscal, o comportamento do preço dos materiais de construção e a inflação que poderia causar novos aumentos nas taxas de juros, o que impacta diretamente o acesso ao crédito e aos investimentos, bem como uma eventual eliminação do Crédito Especial para Construtoras, o que aumentaria o déficit habitacional.

É neste contexto que o presidente do CChC, Antonio Errázuriz, apelou às empresas privadas para que continuem a promover fortemente o desenvolvimento social e económico do país. “Estamos perante um cenário complexo, que inclui uma pandemia que não cede, desequilíbrios económicos significativos, necessidades urgentes para atender e elevadas expectativas a cumprir. Mas podemos enfrentá-lo com sucesso se construirmos acordos e o setor privado, o público, a sociedade civil e as comunidades trabalharem juntos por um Chile melhor”, disse o dirigente.

“O setor privado deve investir, criar mais e melhores empregos e estar comprometido com a sustentabilidade, embora isso exija um futuro governo convocatório, uma Constituição equilibrada e um mundo político comprometido com a paz e o Estado de Direito”, acrescentou.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL