Construção emprega menos no Brasil

14 January 2015

À medida que são conhecidos novos números da indústria da construção brasileira no ano passado, fica mais claro o cenário de contração do setor. Novos dados do SindusCon São Paulo e da Fundação Getúlio Vargas mostram que o número de trabalhadores empregados no setor caiu 2,94% em 2014.

O total de empregados na construção no Brasil ao final de 2014 foi de 3,434 milhões de pessoas. Isso é 103.800 trabalhadores menos do que no ano anterior. As demissões ocorreram mais ao final do ano. Apenas em novembro de demitiram 54.900 trabalhadores na construção.

Representantes do sindicato afirmaram já se esperava a redução do número de empregados, pela contração geral do setor. O contexto de queda na atividade aconteceu, curiosamente, num ano em que houve muitas obras civis relacionadas à Copa do Mundo.

Embora de fato o evento tenha demandado muitos serviços à indústria pela construção de estádios e infraestruturas relacionadas, o Estado não foi capaz de licitar ou concessionar inúmeras outras obras, de maneira que vários projetos não chegaram a se completar ou sequer saíram do papel.

Em paralelo, os preços da construção subiram. Dados recentes do IBGE mostram que a inflação da construção terminou o ano em 6,2%. Decompondo o número, o instituto divulgou que os preços de insumos e materiais cresceu 4,9%, enquanto que a mão de obra está agora 7,74% mais cara.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL