Construção de canal interoceânico deixa a Nicarágua dividida

By Clarise Ardúz26 June 2013

Nicarágua

Nicarágua

São diversos os motivos que estão criando uma divisão no país centro-americano devido ao tema do contrato da Nicarágua com uma empresa chinesa para a construção de uma via aquática transoceânica de US$ 40 bilhões, que, pretende competir com o Canal do Panamá. O primeiro dos motivos que está sendo questionado por muitos é que não foi feita uma licitação pública para escolher a empresa que ganharia o projeto. Além disso, está o fato de que o acordo foi aprovado pelo Congresso em menos de 48 horas, o que chamou a atenção de muitos nicaraguenses.

Também há dúvidas sobre o empresário chinês, Wang Jing, dono da companhia Hong Kong Nicaragua Canal Development Investment Co. (HKND), que é agora responsável pela construção do canal e sua manutenção durante 50 anos, o que poderia chegar a um total de 100 anos. Já circula em alguns meios de comunicação que o empresário não tem experiência na construção de canais e que sua empresa foi constituída em um lapso de três semanas e com um capital de US$64 mil.

Opositores ao governo insistem que a concessão é "inconstitucional, fraudulenta e prejudicial aos interesses da Nicarágua". Também acusaram o presidente Daniel Ortega de "vender a soberania nacional". Os empresários e os ecologistas, por sua vez, alegam que suas opiniões não foram levadas em consideração.

No entanto, o oficialismo continua considerando o projeto como "a grande solução para tirar o país da pobreza", já que, segundo o governo, a construção do canal levaria dez anos e, nos cinco primeiros, geraria dois milhões de empregos e 15% de crescimento econômico.

A gigantesca obra, que envolverá um valor quatro vezes maior que o Produto Interno Bruto (PIB) do país, abrange um canal úmido, uma ferrovia, dois portos, um aeroporto e um oleoduto, e ainda há quem duvide que o país possa oferecer a mão de obra qualificada que o projeto exige.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL