Construção chilena caiu 4,3% anual em julho

19 September 2017

Índice Mensal de Atividade da Construção acumula 11 meses consecutivos de variações negativas.

O Índice Mensal de Atividade da Construção (Imacon), elaborado pela Câmara Chilena da Construção (CChC) retrocedeu 4,3% interanuais em julho, número que, apesar de continuar nas variações negativas, mostra uma leve moderação na queda que já vem se repetindo há 11 meses.

O gerente de Estudos da associação, Javier Hurtado, afirmou que “este desempenho é coerente com o efeito de uma menor base de comparação e com o crescimento anual do índice de atividade dos setores mineradores (5,2%) e não mineradores (2,6%). Além disso, as expectativas dos empresários do setor, mesmo com altos e baixos, estão menos pessimistas em relação a 2016”.

Por sua vez, Sergio Toretti, presidente da CChC, afirmou que “se mantém o nível pequeno de novos projetos de investimento, o que incide fortemente no menor dinamismo da economia. Por isso, é urgente um acordo nacional para uma agenda público-privada que incentive novos investimentos e além disso ajude a modernizar nossa matriz produtiva“.

BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
Simon Kelly Gerente de vendas Tel: 44 (0) 1892 786223 E-mail: [email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL