Construção chilena cai em fevereiro

By José Salinas17 April 2017

Two Linden Comansa cranes – models 11LC132 and 5LC5010 – are working on a station project for co

Two Linden Comansa cranes – models 11LC132 and 5LC5010 – are working on a station project for contractor Ferrovial Agroman Chile

O Índice Mensal de Atividade de Construção (Imacon) do Chile, produzido pela câmara setorial do país, registrou queda interanual de 4,7% em fevereiro de 2017.

A contratação de mão de obra teve queda interanual de 2,6% em fevereiro, enquanto em doze meses o número de empregados das construtoras caiu 9,5%.

O índice de vendas de provedores retrocedeu em fevereiro 10,5% interanuais, acentuando a tendência à baixa do comportamento interanual que exibiu nos últimos sete meses. Por sua vez, o índice de venda de materiais, que mede a demanda por materiais de obras, sofreu queda interanual de 9,1%, em linha com um menor abastecimento de concreto, cimento e ferro em relação a 2016.

A atividade de empreiteiras gerais registrou uma contração de 2,5% em fevereiro, o que se condiz com um estancamento da atividade de obras civis e montagem, item preponderante na composição deste indicador. A isso se soma a baixa atividade de movimentação de terra, que se mantém em níveis baixos, o que antecipa um desempenho moderado do indicador geral no futuro próximo.

Por fim, a aprovação de licenças para edificações continuou caindo tanto em termos anuais como mês a mês. Segundo cifras preliminares, a superfície aprovada para edificação caiu 13,4% interanuais, depois que o mês anterior teve contração interanual de 24,5%.

Sergio Torretti, presidente da câmara chilena, a CChC, afirmou que “a atividade setorial soma assim seis meses seguidos com variações negativas, o que reafirma que a construção replica de maneira amplificada o comportamento dos ciclos econômicos. Ou seja, se a economia em geral está mal, nossa indústria se contrai ainda mais, tal como está ocorrendo na atualidade”.

Javier Hurtado, gerente de estudos da Câmara, afirmou que “é provável que nesta oportunidade estejamos diante de uma mudança estrutural em relação ao nível de dinamismo do setor, que tenderia a taxas de crescimento mais moderadas, fruto da normalização do ciclo de investimentos na mineração e do menor preço do cobre”.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
Por que a medição de tráfego é importante?
Como o fornecedor de infra-estrutura Caltrans leva o monitoramento de tráfego para o próximo nível com as Estatísticas KiTraffic da Kistler
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL