Construção cai menos no Brasil

By Fausto Oliveira28 June 2017

Pesquisa periódica da CNI mostra que o setor está ainda em trajetória negativa, mas menos intensa.

obra construcao genérica

Novos índices divulgados mostram que o setor de construção começa, ainda que lentamente, a se recuperar.

De acordo com a pesquisa periódica da Confederação Nacional da Indústria sobre o setor para o mês de maio, o índice de atividade ficou em 44,1 e o de nível de emprego ficou em 42,7. Pela metodologia empregada, qualquer número abaixo de 50 indica queda, mas estas quedas recentes foram menores do que as anteriores.

De fato, no acumulado do ano, estes índices cresceram 6,2 e 6,7 pontos respectivamente. Em termos práticos, mostra uma tendência a cair menos do que o que se vinha verificando como perdas do setor ao longo do pior momento da crise brasileira.

O indicador do nível de atividade efetiva do setor passou de 29,6 para 30,3 em maio, na comparação com abril. A capacidade operacional em uso, no entanto, caiu um ponto porcentual em maio e ficou em 55%.

A sondagem escutou opiniões de 604 empresas construtoras do Brasil, divididas entre 210 pequenas, 262 médias e 132 grandes.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL