Conflito contratual nas obras do metrô do Chile

By Fausto Oliveira15 October 2014

Metro de Santiago

Metro de Santiago

A administração do metrô de Santiago do Chile pôs fim antecipado a um dos contratos de expansão de sua rede, com a construtora Metro 6 Limitada, pertencente à firma italiana Salini Impregilo. A decisão se produziu devido a atrasos, de acordo com a mandante da obra.

A construtora estava a cargo da construção dos trechos 1 e 2 da nova linha 6 do metrô da capital chilena, extensão que corresponderá a 6 estações da nova linha. De acordo com a empresa administradora da rede subterrânea, a empreiteira não cumpriu os prazos prometidos em sua proposta técnica, recebeu as multas cabíveis mas se manteve em situação de atraso.

A decisão é de suspender seu contrato e repassá-lo automaticamente a uma das demais empresas construtoras que têm contrato para a obra de ampliação do metrô de Santiago. A rede chilena de metrô atualmente constrói as linhas 3 e 6.

Em resposta à decisão do Metrô de Santiago, a Metro 6 a qualificou como “arbitrária e ilegítima”. Pôs a culpa pelos atrasos na própria contratante, que supostamente teria feito alterações ao projeto original em consequência de achados arqueológicos e problemas de ordem geológica. A empresa afirma que sua parte na obra tem 58% de avanço, e que para a conclusão de um dos túneis que escava faltariam apenas 39 metros.

O comunicado oficial da Salini Impregilo afirma que os problemas apontados como causa do atraso que o metrô alegou para rescindir o contrato estavam sob consideração de uma arbitragem independente.

Além disso, a empresa disse que não aceitou acelerar as obras, como supostamente lhe havia requerido a contratante, por razões de segurança dos 1,1 mil trabalhadores contratados. Por isso, a empresa diz esperar que o Metrô de Santiago reconsidere sua decisão.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Aplicando um gêmeo digital
Conectar o mundo físico e virtual para planejar, projetar, construir e operar projetos é o que esta tecnologia significa.
BIM: metodologia chave
Conectividade da Internet, aliada à capacidade cada vez maior de coleta e análise, junto à uma necessidade de multiplicar e impulsionar o empreendedorismo, trazem o BIM para o topo da cadeia de construção.
Os múltiplos benefícios e a validação das Construtechs
Elas estão se mostrando cada vez mais presentes na cadeia produtiva da construção e suas soluções tecnológicas estão fazendo a diferença e angariando adeptos.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL