Com nova lei, Argentina lança primeira licitação de energias alternativas

By Juliana De Andrade18 May 2016

Argentina

Argentina

A Argentina lançou recentemente a primeira chamada de uma licitação para a produção de 1.000 MW de energias alternativas, visando atenuar seu forte déficit energético. O anuncio chega poucos meses depois que o Presidente Mauricio Macri sancionou uma lei de fomento as energias alternativas, que pretende elevar esse tipo de produção em 8% até o fim de 2017.

A nova lei indica que o consumo total de energias alternativas deverá aumentar até chegar em 20%, ou 10 mil MW em 2025. Assim, o governo espera atrair cerca de US$5 bilhões em investimentos até o fim de 2017.

A empresa local de energia Pampa Energia já anunciou que vai investir cerca de US$400 milhões neste tipo de energia no país, e a filial argentina da estadunidense Dow Chemical anunciou também um investimento de US$123 milhões para o desenvolvimento de um parque eólico em conjunto com a empresa estatal INVAP.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL