Colômbia reformará 24 aeroportos regionais

By Fausto Oliveira13 July 2017

Iniciativa do governo nacional prevê investimentos de US$ 57 milhões na infraestrutura aeroportuária de médio porte ao longo do país.

O ministro dos Transportes da Colômbia, Jorge Eduardo Rojas, confirmou o investimento de cerca de US$ 57 milhões em reformas e ampliações de 24 aeroportos regionais do país.

O processo de licitação para estas obras já começou em 18 aeroportos, e os seis outros esperam abertura de processos de contratação para obra pública neste semestre.

A iniciativa, que vai sair barata em comparação com outros importantes investimentos feitos pelo governo colombiano nos últimos anos, só agora começou de verdade pela resolução do conflito com a guerrilha das Farc, que dominavam grande parte do território colombiano, afetando assim a possibilidade de aumentar o tráfego aéreo.

Isto levou a que os aeroportos regionais da Colômbia tenham um significativo atraso em sua infraestrutura. O que não quer dizer que os aeroportos centrais do país, como o El Dorado, de Bogotá, estejam em condições semelhantes (na verdade é um dos principais aeroportos da América Latina atualmente).

Muitos dos aeroportos que vão receber obras de ampliação e reforma se encontram nas áreas mais turísticas da Colômbia, como o da ilha de San Andres (foto). O caso de Cartagena de Indias, provavelmente a mais turística das cidades colombianas, também verá reformas importantes, mas ali o regime de administração é por concessão privada. Assim, os investimentos previstos de US$ 98 milhões em sua reforma e modernização serão feitos por fora do programa público de US$ 57 milhões.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL