Cimento deve voltar a crescer no Peru

By Fausto Oliveira30 June 2017

A Associação de Produtores de Cimento do Peru (Asocem) divulgou uma previsão de recuperação em seu setor para este ano. De acordo com a instituição, o ano deverá fechar com crescimento de 1,5% para o setor cimenteiro peruano.

A Asocem aposta que o segundo semestre será definidor da mudança de tendência, devido à previsão de obras de reconstrução do norte do país, afetado pelas tempestades do El Niño Costero no começo do ano, e outras obras.

“A indústria de cimento crescerá 5% no segundo semestre deste ano para fechar em 1,5% de crescimento anual em 2017, pelos trabalhos de reconstrução e outras obras”, disse o diretor executivo da entidade, Carlos Ferraro.

Se isto ocorrer, o crescimento seria suficiente para compensar uma queda de 5% no primeiro trimestre do ano.

A capacidade da indústria peruana de cimento está calculada em 17,9 milhões de toneladas ano, e segundo a Asocem a utilização desta capacidade hoje em dia está limitada a cerca de 10,5 milhões de toneladas.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Dicas para maior eficiência de equipamentos
Quatro dicas testadas ao longo do tempo para aumentar o tempo de atividade
AMMANN: Soluções competitivas e integradas
Com uma linhagem familiar de sucesso, a Ammann se destaca no cenário internacional desde 1869. Hans-Christian Schneider, atual CEO da Ammann, é a sexta geração a administrar a empresa que mantém sua curva de crescimento e notoriedade.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Matt Burk Gerente de vendasr Tel: +1 312 496 3314 E-mail: matt.burk@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL