Cimento chinês vai entrar na Costa Rica

By Fausto Oliveira30 September 2015

Sinocem

Sinocem

O mercado costarriquenho está experimentando a importação de cimento da China, e faltam apenas alguns testes que ainda estão sendo conduzidos pelo governo para que saia uma autorização de importação massiva do produto.

Enquanto isso, os empresários da construção da Costa Rica esperam economizar com a chegada do cimento chinês, porque ele vai ser mais barato do que os cimentos da Cemex e da Holcim, marcas que dividem o mercado do país.

A marca de cimento cuja importação está sob negociação na Costa Rica é a Sinocem. Os estudos estão acontecendo desde fevereiro, quando o governo levantou uma regulamentação de que o cimento usado nas obras deveria ter no máximo 45 dias de fabricação.

Até agora, o cimento Sinocem mostrou que sua resistência é praticamente equivalente aos das marcas tradicionais da Costa Rica.

O mercado de cimento no país centro-americano é de cerca de 1,5 milhão de tonelada.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
As 50 maiores construtoras da América Latina - versão 2021
Esta lista apresenta uma queda de 15,2% na receita de 2020 em relação ao CLA50 do ano passado.
Grupo Burger: impulsionando o crescimento
Stacy Burger comenta sobre o crescimento do Grupo Burger e os desafios futuros.
Locar: Solidez e boa gestão
Amilcar Spinetti Filho conversou com a CLA sobre a estabilização do mercado e crescimento futuro.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL