Chileno assume presidência de GT da CICA

By Cristián Peters15 November 2018

Alex Wagemann é advogado e vai coordenar monitoramento de contratos padrão.

Alex

Alex Wegemann

O advogado chileno Alex Wagemann foi nomeado presidente do novo Grupo de Trabalho de Monitoramento de Contratos Padrão para Engenharia e Construção da Confederação Internacional de Associações de Empreiteiras (CICA), organização criada em 1974 e que hoje agrupa cerca da metade das empreiteiras associadas em nível mundial. 

O novo grupo de trabalho busca propor melhoras através de position papers e friendly reviews aos padrões internacionais de construção mais usados no mundo, com especial foco no FIDIC e ICC. Uma de suas principais tarefas será a de emitir observações às novas versões do Green Book e Pink Book (MDB) do FIDIC, assim como propor otimizações ao atual modelo ICC Turnkey. 

Além disso, o grupo comandado por Wagemann assumirá a tarefa de propor e fomentar a inclusão de cláusulas que reflitam a realidade atual da indústria e permitam aprofundar um enfoque de maior dinamismo como, por exemplo, através do Early Contractor Involvement (ECI) e outros formatos, como Alliancing, Partnering e do uso do BIM como provisão particular. 

“Agradeço ao atual presidente da CICA, Emre Aykar, seu ex-presidente Jorge Mas, o Diretório e a Administração, pela confiança depositada em mim para enfrentar este grande desafio, e também pelo apoio ao assumir este cargo da parte da Federação Interamericana da Construção (FIIC), a Federação Europeia da Indústria da Construção (FIEC), e as Associações de Empreiteiras do Japão (OCAJI), Coreia (CAK) e Cingapura (SCAL)”, disse Wagemann.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL