Chile vai ampliar ainda mais o metrô de Santiago

13 March 2014

Metro de Santiago

Metro de Santiago

O novo governo do Chile pretende estender ainda mais o metrô de Santiago, ampliando uma das obras de extensão que estão em curso atualmente. Para isso, o novo ministro de Transportes, Andrés Gomez-Lobo, disse que pretende lançar em três meses uma convocatória de estudos de viabilidade para este projeto.

Tal como está hoje, o metrô de Santiago está sendo ampliado com obras de duas novas linhas, 3 e 6. A linha 3 terá 22 quilômetros e 18 estações, está orçada em US$1,7 bilhões e deverá atender 600 mil pessoas. A linha 6 terá 15,3 quilômetros e 10 estações, tem orçamento de US$ 1 bilhão e se prevê que atenderá cerca de 870 mil moradores.

O plano do novo ministro pretende fazer com que a linha 3 chegue até o bairro de Quilicura, que está ao norte do bairro de Huechuraba, onde pelo plano atual terminará a linha.

Além disso, o plano prevê também estender a já existente linha 2 em direção ao sul da capital e ampliar o alcance da linha 4, que também vai para o sul mas em outra zona da cidade.

A intenção de investir ainda mais no metrô da capital foi expressa em seu primeiro dia no cargo de ministro. O novo governo do Chile tomou posse de seu mandato no dia 11 de março. Michelle Bachelet exerce seu segundo mandato presidencial.

CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristiá[email protected]
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL