Cemex vende cimento branco para turcos

By Luciana Guimaraes12 July 2021

Uma das cimenteiras mais importantes do mundo, a Cemex, anunciou a venda da linha de negócios de cimento branco, de sua fábrica na Espanha, pelo valor de US$ 155 milhões, à empresa turca Çimsa Çimento Sanayi Ve Ticaret.

Os mexicanos fecharam a venda que inclui a fábrica de Buñol na Espanha, depois de ter anunciado em março de 2019 um pré-acordo com a empresa turca.

Naquela época, sim, a operação estava avaliada em US$ 180 milhões e estava prevista para ser feita no final daquele ano. “Os rendimentos obtidos com este desinvestimento serão utilizados principalmente para financiar a estratégia de crescimento da empresa, através de investimentos complementares em negócios e geografias-chave, bem como no pagamento de dívidas”, afirmou a Cemex em comunicado.

Apesar da venda, a Cemex manteve a manutenção de seus ativos da linha de negócios de cimento branco que opera no México e nos Estados Unidos. Esses mercados “não fazem parte do desinvestimento anunciado”, esclareceram.

O anúncio desta operação acalma os ânimos se analizarmos com o fato de que em 2020, a Cemex registrou um prejuízo de US$ 1.467 milhões, principalmente devido à crise gerada pela COVID-19, onde a atividade construtiva foi paralisada por alguns meses no México. São assim,  sinais de recuperação. Por exemplo, durante o primeiro trimestre de 2021, registrou lucro líquido de US$ 665 milhões.

Esta situação é muito positiva para a Cimenteira, já que no mesmo período de 2021 registrou apenas US$ 42 milhões de lucro.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL