Caterpillar teve um 2014 estável

By Chris Sleight28 January 2015

Caterpillar

Caterpillar

A Caterpillar obteve receitas em 2014 de US$ 55,2 bilhões, 1% menos do que os US$ 55,7 bilhões observados em 2013. No quarto trimestre de 2014, a empresa teve resultado quase idêntico ao mesmo período do ano anterior, registrando US$ 14,2 bilhões.

Entretanto, o lucro entregue por ação em 2014 cresceu 2% com relação ao nível de 2013, embora a empresa tenha registrado queda nos lucros no quarto trimestre.

De acordo com o CEO da maior fabricante de equipamentos pesados do mundo, Doug Oberhelman, isso se deveu à ênfase em uma melhor gestão de custos. “No geral, tivemos um ano melhor em 2014 do que em 2013. Nossa ênfase em gestão de custos, execução operacional e fluxo de caixa nos permitiu entregar um melhor lucro por ação que em 2013 e que o previsto para 2014 no início do ano”, afirmou em comunicado.

O executivo da Caterpillar disse também que “as vendas e o lucro cresceram substancialmente na divisão de Construção. Este crescimento se registrou com mais força na América do Norte, e foi parcialmente compensado por vendas menores em outras regiões. Ao mesmo tempo que nossas vendas de Construção aumentaram em 2014, a indústria ainda se encontra muito abaixo de picos anteriores em todas as macrorregiões, devido a um crescimento econômico relativamente fraco na maior parte do mundo”.

A receita da divisão de Construção no quarto trimestre foi de US$ 4,4 bilhões, o que é 9% menos do que o mesmo período do ano anterior. A única região onde se obteve crescimento foi a América do Norte, onde as vendas foram 13% maiores. Mas isto foi compensado com menores vendas na América Latina, EAME (Europa, África e Oriente Médio), e Ásia Pacífico, que respectivamente registraram -24%, -10% e -30% no trimestre.

O lucro operacional para a divisão de Construção no quarto trimestre foi de US$ 362 milhões, 26% menos do que no mesmo período do ano anterior.

Sobre 2015, a companhia prevê uma queda de 10% nas receitas. “Esperamos um desenvolvimento modesto da economia mundial este ano. O crescimento relativamente fraco e a contínua baixa dos preços das commodities – particularmente o petróleo, cobre, carvão e minério de ferro – deverão ser um fator negativo para nossas vendas”.

A Caterpillar informou que seguirá reestruturando custos este ano. De acordo com seu CEO, com isso se quer melhorar as possibilidades de retorno ao crescimento para a empresa, quando o cenário econômico mundial estiver em melhores condições.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Construção de Rodovias: O caminho para o futuro
As equipes de pesquisa e desenvolvimento de equipamentos para construção de estradas estão se concentrando na autonomia, energia e maior integração digital.
Preparação para a M&T a todo vapor
Após ser adiada devido à pandemia, a indústria de construção latino-americana se reunirá novamente no Brasil no final de agosto.
Colômbia: Pavimentando o futuro
O país está finalizando seu programa de projetos 4G enquanto dá os primeiros passos nas Concessões do Bicentenário.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL