Canal de Panamá: consórcio e ACP adiam novamente a data limite de negociação

By Fausto Oliveira31 January 2014

ONce again the Panama Canal

ONce again the Panama Canal

A negociação entre a Autoridade do Canal do Panamá e o consórcio GUPC, responsável pela construção de parte do projeto de ampliação da estrutura, se estenderá até o dia 4 de fevereiro, segundo comunicado divulgado na sexta-feira dia 31 de janeiro.

Na sequência interminável de reuniões entre as partes, se havia estabelecido o dia 1 de fevereiro como data limite para a aplicação da ameaça de paralisação das obras. Como foi amplamente divulgado, o consórcio deu um ultimato à Autoridade: paralisará as obras a “qualquer momento” se não receber um pagamento extra de US$ 1,6 bilhão.

O conflito se desenvolve desde os primeiros dias de 2014. Até o momento, as negociações estancaram porque a Autoridade do Canal não aceita o ultimato e muito menos a condição financeira exigida. O órgão panamenho diz que não negocia fora do contrato.

O GUPC por sua vez mantém a requisição de um pagamento do mesmo montante, alegando que as condições naturais que encontrou no canteiro de obras eram diferentes às que se usaram para orçar o projeto em 2009.

A construção de um terceiro jogo de eclusas no Canal do Panamá tem quase 70% de avanço. Mas o conflito pôs os trabalhos a um ritmo muito lento, fazendo com que a ameaça de paralisação seja praticamente uma realidade.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Por que é essencial digitalizar o setor da construção mexicana?
Coluna de Luis Herrera, chefe de vendas para a América Latina e Espanha, Procore
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL