Câmara venezuelana pede mudanças na economia

By José Salinas21 November 2016

A Câmara Venezuelana da Construção (CVC) pediu mudanças nas políticas públicas para impulsionar o crescimento do setor. Em comunicado à imprensa do país, a entidade reafirmou que a crise profunda pela qual passa o país não é responsabilidade do setor privado.

A entidade indica que as cifras oficiais são de queda na produção das empresas que foram estatizadas: “a siderúrgica está produzindo 10% do que produzia na época em que foi nacionalizada; as cimenteiras estão a menos de 40% e a contínua desvalorização descapitalizou os bancos, o que gera uma escassez de financiamento ao mercado. Como consequência disso e de um marco legal adverso, o setor de construção hoje continua caindo, já por vinte e oito trimestres consecutivos”.

De acordo com a câmara, se perderam 1,2 milhão de empregos diretos dentre a mão de obra qualificada para a construção.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
As 50 principais
Um crescimento substancial nunca antes visto foi notado pelas principais empresas de construção da América Latina
Os 200 principais
Lista exclusiva da International Construction dos 200 maiores empreiteiros do mundo por vendas revela que a indústria parece ter colocado o impacto da pandemia no passado
A evolução do manipulador telescópico da Skyjack
Skyjack produz uma linha completa de telehandlers com sete modelos
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL