Câmara chilena: reforma vai elevar preços da moradia

By Cristián Peters04 June 2014

Santiago, Chile

Santiago, Chile

A Câmara Chilena da Construção voltou a afirmar que o preço das residências no país poderá aumentar entre 8% e 13% se o governo do Chile aprovar tal como está agora a reforma tributária em discussão.

O aumento, de acordo com os cálculos da entidade que representa o setor de construção, deverá ser maior para as unidades habitacionais que variem entre US$ 85 mil e US$ 105 mil, e mais moderado na faixa de preço até US$ 170 mil.

Diante disso, representantes da associação pediram reunião com o novo ministro da Fazenda, Alberto Arenas. Segundo Daniel Hurtado, gerente de pesquisas da Câmara que foi até o ministro, “eles têm outra forma de calcular e ficamos de ver com os números na mão que efeitos cada um percebe”.

O setor se preocupa porque a reforma tributária afetaria gravemente a classe média do país.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Construção de Rodovias: O caminho para o futuro
As equipes de pesquisa e desenvolvimento de equipamentos para construção de estradas estão se concentrando na autonomia, energia e maior integração digital.
Preparação para a M&T a todo vapor
Após ser adiada devido à pandemia, a indústria de construção latino-americana se reunirá novamente no Brasil no final de agosto.
Colômbia: Pavimentando o futuro
O país está finalizando seu programa de projetos 4G enquanto dá os primeiros passos nas Concessões do Bicentenário.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL