Brasil, Colômbia e Peru licitarão US$40 bilhões em infraestrutura até 2014

By Clarise Ardúz28 September 2011

Autopistas Colombia

Autopistas Colombia

Três das principais economias da América Latina estão anunciando importantes concessões para aumentar e melhorar a infraestrutura local. Colômbia, Brasil e Peru estão apostando em investimentos de privados que beiram os US$40 bilhões em total até 2014.

O Peru está considerando entregar em concessão 51 projetos por US$ 9,9 bilhões, a maioria deles concentrados em energia e hidrocarbonetos, setores que representam US$5,6 bilhões.

Outros setores que apresentam grandes investimentos é o de agricultura e o ferroviário. Neste último, as mineradoras estão estudando a possibilidade de pedir em concessão o trecho Cajamarca-Bayóvar, ao norte do país, para transportar seus materiais.

Por sua vez, a Colômbia tem na pasta quatro grandes projetos de cerca de US$30 bilhões. As concessões serão realizadas em projetos que tenham a ver com a conectividade: rodovias, portos, aeroportos, ferrovias e navegabilidade dos rios.

O Ministério de Transporte prevê que as necessidades de projetos de infraestrutura para 2021 serão de US$52 bilhões, que serão destinados principalmente a projetos viários.

O Brasil, a maior economia da região, licitaria mais de cinco mil quilômetros de estradas federais até 2014. Inclusive, em novembro está previsto o início da construção de pelo menos duas estradas que somam mais de 1.750 quilômetros e que precisarão de investimentos da ordem de US$ 2,4 bilhões.

Adicionalmente, está a recente convocação que o governo fez, em maio, para modernizar os aeroportos com forte trânsito de passageiros.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
A magnitude e fomento do conceito ESG e da sustentabilidade
O que antes era tendência, agora é realidade. Considerando os indicadores dos três pilares (meio ambiente, social e governança corporativa), e a inerente preocupação - devida – das empresas, não há como negar que estratégias ESG trazem diversos benefícios para a percepção de valor, real, das companhias.
Compactação: declives suaves
Características excepcionais para um embalador de rolos seguro e eficiente
Conheça alguns dos expositores da M&T Expo 2022
Como parte da rede Bauma, a M&T Expo agora quer ser o carro-chefe da recuperação do mercado
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL