Astaldi Chile pede recuperação judicial

By Construção Latino-Americana07 March 2019

Filial de construtora italiana tenta se acertar com credores no país.

Em meio à crise financeira enfrentada pela construtora italiana Astaldi, a filial chilena da companhia pediu recuperação judicial. A solicitação foi feita à 11ª Vara Cível de Santiago, após a abertura de um processo de uma empresa turística contra a construtora. O processo pede liquidação judicial da empresa para pagamento de uma série de dívidas para com a agência de turismo.

A reorganização da filial chilena se fará em paralelo ao processo de reordenamento financeiro que está acontecendo na matriz italiana. Esse dado é importante porque a filial no Chile tentará homologar em seu país o mesmo acordo com credores feito na Itália.

Há quem aposte que a recuperação judicial deverá ser muito mais rápida no Chile do que na Itália, onde o processo já leva meses em andamento. Espera-se uma apresentação de proposta de pagamento aos credores chilenos já em abril, através da reserva do caixa da filial local para pagamento dos credores locais. Isto dispensará os credores chilenos de se apresentarem à Justiça italiana para exigir seus créditos.

Entre os principais credores chilenos, estão os bancos BTG Pactual, Itaú Corpbanca e a Emin Ingeniería y Construcción. Só o banco do qual o Itaú é parte no Chile apresentou documentos que mostram uma dívida de US$ 6,2 milhões.

REVISTA
BOLETIM
Entregue diretamente na sua caixa de entrada, o Informativo Semanal da Construção traz a seleção das últimas notícias, lançamentos de produtos, reportagens e muito mais informações sobre o setor de infraestrutura na América Latina e no mundo.
Reportagens
Um ponto fora da curva…
O Brasil, na contramão de muitos países que se viram seriamente afetados pela crise sanitária mundial, se estabelece dia após dia como potência econômica no que tange a indústria e tal propensão se fortalece com o número de obras que se difundem por todo território nacional.
Energia do futuro
Como grupos geradores e sistemas de armazenamento baseados em bateria podem substituir a energia a diesel.
Construção centro-americana
A pandemia e economias fortemente dependentes tornam a recuperação desta região mais complexa.
CONECTAR-SE COM A EQUIPE
Cristian Peters
Cristián Peters Editor Tel: +56 977987493 E-mail: cristián.peters@khl.com
Wil Holloway Gerente de vendasr Tel: +1 312 9292563 E-mail: wil.holloway@khl.com
CONECTAR-SE COM A MÍDIA SOCIAL